Mês do Orgulho LGBTQIA+ e celebrações juninas movimentam as Fábricas de Cultura

0

Em junho, diversidade e cultura tradicional estarão presentes nas unidades das Fábricas de Cultura da Zona Norte, Sul e Diadema. Encontro com a escritora Cidinha da Silva, espetáculo Drag, show da cantora Paula Lima e os tradicionais arraiais irão animar todos os públicos.

As Fábricas de Cultura, programa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, e gerenciadas pela Poiesis, estão com uma programação animada para o mês de junho. As unidades das zonas Norte e Sul, além de Diadema, oferecerão atividades que valorizam a diversidade e a cultura tradicional. Confira os destaques:

No dia 3 de junho, às 14h30, a equipe de biblioteca da Fábrica de Cultura Jardim São Luís promove um encontro com a escritora Cidinha da Silva, autora do premiado “Um Exu em Nova York” e do infanto-juvenil “Os nove pentes da África”. Já no dia 4, às 15h, a unidade irá promover uma apresentação da Orquestra Ocadsa Brasil. Fundada em 1951 em Santo Amaro, a orquestra é hoje composta, em maioria, por jovens e crianças das periferias da Zona Sul. 

Também na Zona Sul, a Fábrica de Cultura Capão Redondo recebe o espetáculo Tudo é Drag, no dia 4 de junho, às 17h. O espetáculo apresenta a essência da arte Drag de cada artista, mostrando o ator que está por baixo da criação, contando um pouco sobre suas experiências e inspirações. Com duas performances de cada artista, a proposta é trazer tanto o que caracteriza a persona da Drag Queen como uma intervenção mais livre.

O teatro também ocupará a Zona Norte. Nos dias 3 e 4 de junho, a Fábrica de Cultura Jaçanã recebe, às 19h, o espetáculo MANOfestAÇÃO, do grupo Unity Warriors, que traz um manifesto através do estilo de dança breaking, sempre presentes nas Block Parties, originais festas de rua da cultura hip-hop, que em meio ao descanso e ao caos os jovens encontraram como refúgio e espaço de protesto.

A cultura hip-hop continua em destaque com a atividade Pela Transparência Refaço a História, realizada dia 8 de junho, às 10h, na unidade Vila Nova Cachoeirinha. A equipe de biblioteca receberá a artista Soberana Ziza para compartilhar sua pesquisa sobre o apagamento da presença negra nos territórios da cidade e o processo de reinserir personagens negras nestes espaços por meio da técnica de sublimação, além de realizar uma oficina prática com o público.

No dia 11 de junho, o público terá uma dobradinha junina nas Fábricas de Cultura. A unidade Capão Redondo vai até a sede do Bloco do Beco, a partir das 16h, para realizar um arraial com fogueira, quadrilha, comidas típicas e forró pé de serra ao vivo, celebrando as raízes culturais. Além das barracas de comidas tradicionais, a festa terá muita música com o Trio Xote das Meninas, Forró Naldo Araújo Show e roda de viola. Ali do lado, em Diadema, às 18h, tem o Arraiá Tradição na Fábrica com o Bando de Régia canta: As Rainhas do Forró, uma homenagem às grandes vozes femininas que marcaram a história do forró pé de serra. A apresentação contará com intérprete de Libras.

Outra atividade para os interessados em inclusão é Cantando com o Corpo, ministrada pela intérprete de libras Gabrielle Martins na Fábrica de Cultura Brasilândia. No encontro, realizado no dia 14 de junho, às 16h, Gabrielle apresentará as muitas possibilidades da Língua de Sinais, a partir de experimentações com o próprio corpo junto com a musicalidade. Atividade voltada para fluentes e iniciantes em Libras.

A Fábrica de Cultura Jaçanã recebe no dia 18, às 15h, o espetáculo O Direito de Amar, da Cia JS Teatral. A peça é uma comédia musical que narra a vida em uma cidade afastada e conta os dilemas de um grupo de amigos, com o propósito de relatar a vida amorosa de um personagem gay. Com a nuance de comédia e drama, o texto valoriza a representatividade LGBTQIA+.

Já no dia 21, às 14h, a unidade promove o bate-papo Interpretação de Obras com a indígena Day Moreira Tabajara, que fará uma leitura sobre a concepção de obras de arte que retratam fatos da história nacional, os reflexos na construção da identidade do povo brasileiro e a compreensão sobre a história da independência brasileira. A atividade contará com interpretação simultânea em Libras.

Mais para o fim do mês, dois eventos especiais irão movimentar a Zona Norte e Sul da cidade. No dia 25 de junho, às 18h, a Fábrica de Cultura Diadema realiza o encontro Noite Mil Estrelas, que conta com a participação da DJ Aline Vargas, declamação do poema “Saga do Nordestino”, de Leda Sylvia, por Alberto Chagas, além de um show da cantora Paula Lima.

Nos dias 25 e 26 de junho, a Fábrica de Cultura Brasilândia recebe o evento Feira Preta Pocket, uma versão reduzida do famoso Festival Feira Preta, o maior evento de cultura negra da América Latina que acontece anualmente desde 2002. A edição pocket pretende levar um pouco da multi pluralidade cultural afro. O evento na Fábrica de Cultura Brasilândia terá apresentações musicais de artistas como: Iago Reis, Desirée, Vinicius Malta e Tinna Rios. No dia 25, sábado, o evento começa às 10h e vai até às 19h, e no dia 26, domingo, ocorre das 10h às 18h.

A programação completa pode ser acessada pelo hotsite +Cultura e no site das Fábricas de Cultura.

SERVIÇO:

FC CAPÃO REDONDO

ESPETÁCULO TUDO É DRAG!

4/6 – Sábado – 17h

Classificação Indicativa: 12 anos 

Local: Rua Bacia de São Francisco, s/n – Conjunto Habitacional Jardim São Bento – São Paulo/SP

ARRAIAL DO BLOCO DO BECO

11/6 – Sábado – 16h

Atividade Livre

Local: Bloco do Beco – Rua Bento Barroso Pereira, 02 – Bloco do Beco

FC JARDIM SÃO LUÍS

ENCONTRO COM A AUTORA CIDINHA DA SILVA

3/6 – Sexta-feira – 14h30

Classificação Indicativa: 12 anos 

Local: Rua Antônio Ramos Rosa, 651 – Parque Santo Antônio – São Paulo/SP

ORQUESTRA OCADSA IN CONCERT

4/6 – Sábado – 15h

Atividade Livre.

Local: Rua Antônio Ramos Rosa, 651 – Parque Santo Antônio – São Paulo/SP

FC DIADEMA

ARRAIÁ TRADIÇÃO NA FÁBRICA – BANDO DE RÉGIA CANTA: AS RAINHAS DO FORRÓ [ESTÚDIOS]

11/6 – Sábado – 18h

Atividade Livre

Local: Rua Vereador Gustavo Sonnewend Netto, 135 – Centro – Diadema/SP

NOITE MIL ESTRELA COM DJ ALINE VARGAS, ALBERTO CHAGAS E O SHOW DE PAULA LIMA

25/6 – Sábado – 18h

Atividade Livre.

Local: Rua Vereador Gustavo Sonnewend Netto, 135 – Centro – Diadema/SP

FC BRASILÂNDIA

CANTANDO COM O CORPO COM GABRIELLE MARTINS

Cultura Geral

14/6 – Terça-feira – 16h

Classificação Indicativa: Atividade Livre

Local: Fábrica de Cultura Brasilândia – Av. General Penha Brasil, 2508 – Vila Nova Cachoeirinha – São Paulo/SP

FEIRA PRETA POCKET

25 e 26/6 – Sábado das 10h às 19h | Domingo das 10h às 18h

Atividade Livre.

Local: Av. General Penha Brasil, 2508 – Vila Nova Cachoeirinha – São Paulo/SP

FC JAÇANÃ

ESPETÁCULO MANIFESTAÇÃO

3 e 4/6 – sexta-feira e sábado – 19h

Classificação Indicativa: maiores de 14 anos

Local: Fábrica de Cultura Jaçanã – Rua Raimundo Eduardo da Silva, 138 – Conjunto Habitacional Jova Rural – São Paulo/SP

INTERPRETAÇÃO DE OBRAS COM DAY MOREIRA TABAJARA

21/6 – Terça-feira – 14h

Classificação Indicativa: maiores de 16 anos

Local: Fábrica de Cultura Jaçanã – Rua Raimundo Eduardo da Silva, 138 – Conjunto Habitacional Jova Rural – São Paulo/SP

*Atividade realizada em parceria com a Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo como parte da programação em homenagem ao bicentenário da independência dentro do Ciclo da Agenda Bonifacio.  

O DIREITO DE AMAR COM CIA JS TEATRAL

18/6 – Sábado – 15h

Classificação Indicativa: maiores de 16 anos

Local: Fábrica de Cultura Jaçanã – Rua Raimundo Eduardo da Silva, 138 – Conjunto Habitacional Jova Rural – São Paulo/SP

FC VILA NOVA CACHOEIRINHA

PELA TRANSPARÊNCIA REFAÇO A HISTÓRIA COM SOBERANA ZIZA

8/6 – Quarta-feira – 10h

Classificação Indicativa: maiores de 7 anos

Local: Rua Franklin do Amaral – de 701/702 ao fim, 1575 – Vila Nova Cachoeirinha – São Paulo/SP

——

Fábrica de Cultura Brasilândia

Avenida General Penha Brasil, 2508 | Telefone: (11) 3859-2300

Fábrica de Cultura Capão Redondo

Rua Bacia de São Francisco, s/n | Telefone: (11) 5822-5240

Fábrica de Cultura Diadema 

Rua Vereador Gustavo Sonnewend Netto, 135 – Centro – Diadema/SP | Telefone: (11) 4061-3180

Fábrica de Cultura Jaçanã

Entrada 1: Rua Raimundo Eduardo da Silva, 138 | Entrada 2: Rua Albuquerque de Almeida, 360 | Telefone: (11) 2249-8010

Fábrica de Cultura Jardim São Luís

Rua Antônio Ramos Rosa, 651 | Telefone: (11) 5510-5530

Fábrica de Cultura Vila Nova Cachoeirinha

Rua Franklin do Amaral, 1575 | Telefone: (11) 2233-9270

Funcionamento das unidades

De terça a sexta, das 9h às 19h. Finais de semana e feriados, das 12h às 17h.*

Exceções: Brasilândia, Capão Redondo e Diadema que atendem das 9h às 17h aos sábados. 

Exceto Fábrica de Cultura Vila Nova Cachoeirinha que funciona de terça e quinta das 9h às 21h; quarta e sexta das 9h às 19h; Sábados das 9h às 17h; e Domingos das 12h às 17h.

 

Funcionamento das bibliotecas 

De terça a sexta, das 09h às 19h. Aos finais de semana e feriados, das 11h às 17h*

Exceto a unidade Capão Redondo, que aos sábados atende das 09h às 14h.

*Para conferir o horário exato de sua unidade, favor entrar em contato por telefone com a recepção.

Acessibilidade: as Fábricas de Cultura Vila Nova Cachoeirinha, Brasilândia, Jaçanã, Capão Redondo, Jardim São Luís, e Diadema, oferecem rampa de acesso para pessoas com mobilidade reduzida, elevador, sanitários acessíveis, piso tátil, equipamentos que permitem a leitura para pessoas com deficiência visual e motora, impressoras braille, leitor de audiobooks e acervo com mais de 110 exemplares em braille (livros e audiobooks). 

Devido à pandemia da Covid-19, parte da programação cultural vem ocorrendo de forma on-line*. Todas as atividades são gratuitas. Saiba mais no hotsite +Cultura e no site das Fábricas de Cultura

*Sujeito às mudanças mediante orientações dos órgãos responsáveis.

SOBRE AS FÁBRICAS DE CULTURA

As Fábricas de Cultura são espaços de acesso gratuito que promovem diversas atividades artísticas. Criadas com o objetivo de ampliar o conhecimento cultural por meio da interação com a comunidade, as Fábricas oferecem uma programação cultural diversificada. Nas unidades você encontrará cursos, atividades, bibliotecas e estúdios de gravação. Em 2022, as Fábricas de Cultura – programa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, gerenciado pela Poiesis – contam com o patrocínio do Instituto Center Norte e o Instituto GPA, por meio da Lei de Incentivo à Cultura. Apoios como estes contribuem para a realização de atividades de formação e difusão cultural para crianças, jovens e adultos.

SOBRE A POIESIS

A Poiesis – Organização Social de Cultura é uma organização social que desenvolve e gere programas e projetos, além de pesquisas e espaços culturais, museológicos e educacionais, voltados para a formação complementar de estudantes e do público em geral. A instituição trabalha com o propósito de propiciar espaços de acesso democrático ao conhecimento, de estímulo à criação artística e intelectual e de difusão da língua e da literatura.

Poiesis – Coordenação de Comunicação

Compartilhar.

Sobre o Autor

DEIXE UM COMENTÁRIO

Athosgls 21 anos fazendo a diferença na comunidade LGBT Mundial. Marca registrada.