Descubra 8 blocos que promovem a diversidade no carnaval de 2024

0

Apresentamos 8 blocos que celebram a diversidade no carnaval de 2024, foi publicado primeiramente no AlmaPreta. Durante o carnaval, é essencial colocar em evidência a bandeira da diversidade. Por esse motivo, o Alma Preta selecionou oito blocos localizados no Rio de Janeiro, São Paulo, Fortaleza e Belo Horizonte, que celebram o respeito e a diversão durante a maior festa de rua do mundo.

Rio de Janeiro

Amigos da Onça – Com um repertório que varia de Lulu Santos a Bob Marley, além de composições autorais, o bloco Amigos da Onça celebra a diversidade e a fluidez selvagem do Carnaval carioca através de muita dança e fantasias felinas. A concentração do bloco tem início às 7h da manhã, no sábado, dia 18 de fevereiro, no Posto 3 da Praia do Flamengo, com um cortejo que espera reunir cerca de 12 mil pessoas.

Divinas Tretas (Antigo Toco-Xona) – Criado em 2007, este é o primeiro bloco LGBTQI+ formado por mulheres lésbicas, que apresenta releituras de clássicos que vão desde Madonna até É o Tchan. O bloco está programado para acontecer no dia 19 de fevereiro, com concentração às 8h e dispersão às 00h, na Praia do Flamengo, nº 340.

São Paulo

Siga Bem, Caminhoneira – Dirigido a mulheres lésbicas, pessoas trans, bissexuais e não binárias, o bloco “Siga Bem, Caminhoneira” é um dos mais tradicionais blocos de diversidade em São Paulo. Desde 2017, o bloco apresenta sambas e afoxés em seu repertório. A concentração acontece no dia 17 de fevereiro, a partir das 13h na Praça Marechal Deodoro.

Bloco Risca Fada – Para dar início ao “fuzuê”, o bloco convidou Karol Conká para agitar o Centro de São Paulo no pré-carnaval. No domingo, dia 4, a mamacita se apresenta na Santa Cecília a partir das 12h.

Fortaleza

Bloco Mambembe – Organizado pelo Coletivo As Travestidas, este bloco é o primeiro idealizado por travestis e transformistas no Ceará. Em sua sétima edição, o bloco promete muita diversão, glitter e momentos marcantes para curtir esta folia. O desfile está previsto para o dia 10 de fevereiro, a partir das 22h, com concentração na Praça Pelotas, no Centro de Fortaleza.

Bloco Cola Velcro – Dedicado a mulheres lésbicas, bissexuais e transexuais, este bloco fundado em 2017 é liderado por mulheres percussionistas, promovendo um espaço seguro e animado para o público feminino e LGBT+ durante o Carnaval em Fortaleza.

Belo Horizonte

Abalô-caxi (Antigo Alô, Abacaxi) – No dia 11 de fevereiro, o Abalô-caxi, antigo bloco “Alô, Abacaxi”, um Carnaval tropicalista LGBT+, reúne mais de 250 mil pessoas no cortejo que tem início na Avenida Amazonas, no Centro de Belo Horizonte.

Truck do desejo – Fundado em 2018, este bloco é um coletivo de mulheres lésbicas, bissexuais, não-binárias e trans de BH. O cortejo, previsto para a terça de carnaval (13), espera reunir cerca de 40 mil foliões, com concentração na Avenida Brasil, bairro Santa Efigênia, a partir das 9h.

Com Informações Terra


Deixe um comentário ou dica do que gostaria que pudéssemos trazer de novidade para vocês. E se curte nosso CANAL faça uma doação de qualquer valor para que possamos continuar com esse trabalho.

PIX: (11) 98321-7790
PayPal: [email protected]

TODO APOIO É IMPORTANTE.

Compartilhar.

Sobre o Autor

DEIXE UM COMENTÁRIO

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.