Daniela Martani: “Eu sou assexual e não faço sexo há três anos porque não me agrada mais”

0

A ex-namorada do Grande Fratello e Isola dei Famosi revelou ao programa La Zanzara que é assexual: “É uma verdadeira orientação sexual e não sinto atração por mais ninguém. Não faço sexo há três anos”. Daniela Martani compartilhou publicamente pela primeira vez que é assexual. “Eu não sinto atração física por ninguém, nem homens nem mulheres”, explicou no programa apresentado por Giuseppe Cruciani e David Parenzo. A ex-namorada do Grande Fratello e Isola dei Famosi contou que sempre se identificou como demissexual, ou seja, sente atração romântica pelas pessoas, mas nunca pensou em sexo. Além disso, a comentarista também revelou que não faz sexo há três anos: “Eu não gosto mais”. A revelação de Daniela Martani Daniela Martani explicou que sua sensibilidade a impediu de aproveitar várias oportunidades, tanto de relações de amizade quanto de ter filhos: “Eu nunca tive relacionamentos na adolescência, porque a primeira vez que fiz sexo foi aos 19 anos”.

Descobri que sempre fui demissexual, nunca senti atração física por um homem pensando ‘eu o teria na cama’. Eu sempre pensei em um relacionamento sentimental. Além disso, nunca sinto o desejo de ir para a cama com um homem e é um problema. Já me apaixonei na minha vida, mas faz três anos que não estou com ninguém e não tenho relações sexuais. A assexualidade é uma orientação sexual A assexualidade é uma verdadeira orientação sexual: “Você não se cura, pois é uma condição de vida”. Daniela Martani também explicou que gostaria de fazer um documentário sobre assexuais: “Eu não lido bem com isso, mas há pessoas que se sentem melhor”.

Eu fui a um sexólogo e é uma condição que afeta 1% da população. Não somos poucos. A assexualidade é considerada uma orientação sexual, tanto que na sigla LGBTQIA+ está inclusa a letra A, que representa assexuais. Isso me machuca porque me impediu de criar relacionamentos importantes.

Porque vários anos se passaram entre o fim de um amor e outro. Daniela Martani contou que o fato de nunca ter se mostrado publicamente com um homem criou um equívoco: “As pessoas me confundem com lésbica porque nunca me veem com ninguém e isso me machuca muito. Porque eu me sinto mal”.


Deixe um comentário ou dica do que gostaria que pudéssemos trazer de novidade para vocês. E se curte nosso CANAL faça uma doação de qualquer valor para que possamos continuar com esse trabalho.

PIX: (11) 98321-7790
PayPal: [email protected]

TODO APOIO É IMPORTANTE.

Compartilhar.

Sobre o Autor

DEIXE UM COMENTÁRIO

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.