51 instituições de Salvador são certificadas com o Selo da Diversidade LGBT+ 2023

0

Na última segunda-feira (4), representantes de 51 instituições públicas e privadas localizadas em Salvador receberam o Selo da Diversidade LGBT+ 2023, uma iniciativa da Prefeitura de Salvador em parceria com a Secretaria Municipal da Reparação (Semur). A cerimônia de entrega ocorreu no Hotel Mercure, no Rio Vermelho, e contou com a presença da titular da Semur, Ivete Sacramento, do coordenador municipal de Política LGBT+, Marcelo Cerqueira, e da coordenadora Municipal da Diversidade da cidade de São Paulo, Léo Áquilla, que é também jornalista, youtuber e cantora.

Das 51 instituições certificadas, 41 receberam o selo na categoria “Compromisso”, destinada a organizações públicas, privadas e da sociedade civil de Salvador. As outras dez instituições foram reconhecidas na categoria “Reconhecimento”, voltada principalmente para micro e pequenas empresas com gestão exclusiva de pessoas LGBT+ e com no mínimo cinco funcionários, em sua maioria trans, além de entidades sem fins lucrativos que lutam pela valorização dessa população.

Uma das instituições agraciadas com o Selo da Diversidade LGBT+ foi a Universidade Federal da Bahia (Ufba), que recebeu o reconhecimento através da coordenadora de Ações Afirmativas, Educação e Diversidade da instituição, Juliana Marta Oliveira. Segundo ela, é de vital importância para uma instituição de ensino público ser reconhecida com esse selo, pois mostra o quão fundamental é a presença de pessoas transgêneros e travestis no ambiente universitário. Juliana ressaltou o compromisso da Ufba em inclusão e o orgulho em servir de exemplo para outras instituições.

Outra empresa privada que recebeu o selo na categoria “Compromisso” foi a Rede Bahia. A placa foi entregue ao jornalista Ricardo Ishmael e ao comunicador Éder Luís Santana, que também é coordenador do Portal G1 e membro do Comitê de Diversidade e Inclusão. Santana destacou que o selo estimula a empresa a continuar promovendo a diversidade, não apenas nas telas, mas também através de ações internas de conscientização, combate ao preconceito e valorização das questões identitárias.

Durante a palestra sobre “Promover a inclusão LGBT+ nas empresas”, Léo Áquilla ressaltou os avanços na luta pelas questões LGBT+ e a importância do reconhecimento por meio do Selo da Diversidade LGBT+ 2023.

Marcelo Cerqueira, coordenador municipal de Política LGBT+, ressalta o objetivo do Selo da Diversidade LGBT+, que é o reconhecimento público das ações de combate à LGBTfobia nas instituições públicas e privadas. Ele destaca o trabalho realizado na adoção de políticas públicas para promover a igualdade no mercado de trabalho e o Selo é uma forma de incentivar as empresas a oferecerem igualdade de oportunidades sem preconceito. Cerqueira reconhece que ainda há muito a ser feito, mas a gestão está comprometida com as pautas identitárias.

Após a certificação, as organizações assumem a responsabilidade de combater práticas LGBTfóbicas no ambiente de trabalho e apresentar propostas que são analisadas por um comitê gestor. Esse comitê é composto por representantes da sociedade civil e órgãos públicos, como a Semur, a Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda (Semdec), o Instituto A Mulherada, a Universidade Salvador (Unifacs), a Instituição Beneficente Conceição Macedo (IBCM), o Sindicato dos Servidores da Prefeitura do Salvador (Sindseps), a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e o Grupo Gay da Bahia (GGB), entre outras instituições. A certificação é concedida pela Prefeitura após a análise do comitê gestor.

 


Deixe um comentário ou dica do que gostaria que pudéssemos trazer de novidade para vocês. E se curte nosso CANAL faça uma doação de qualquer valor para que possamos continuar com esse trabalho.

PIX: (11) 98321-7790
PayPal: [email protected]

TODO APOIO É IMPORTANTE.

Compartilhar.

Sobre o Autor

DEIXE UM COMENTÁRIO

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.