Público ainda não aceita ator gay assumido como protagonista, diz produtora da Globo

0

Aos poucos, os autores da Globo começam a dar mais espaço para histórias envolvendo homossexuais em suas novelas.

Um grande passo foi dado quando um beijo gay foi exibido na novela das seis, Orgulho e Paixão, entre os personagens de Juliano Laham e Pedro Henrique Muller.

O fato causou certa surpresa no público, por mais que o romance entre os rapazes já estivesse em alta na trama.

O “selinho” foi rápido, mas em meio a uma cena tocante que emocionou e foi comemorada nas redes sociais.

Porém, mesmo com esse avanço, vai demorar para a Globo escalar um ator assumidamente homossexual como protagonista de suas novelas.

Quem garante isso é uma produtora de elenco da emissora. Entrevistada pelo Notícias da TV, ela disse que o público não está preparado para isso.

Leia mais: Globo exibe beijo gay em Orgulho e Paixão e público vai à loucura

Produtora culpa público pela não escalação de ator gay assumido como protagonista

De acordo com a moça, escalar um ator gay assumido para o papel principal de uma novela ainda é um “tabu”.

A Globo até já pensou no caso, mas ainda teme a rejeição do público.

“Eu não vejo, pelo menos nos próximos anos, a escalação de um homossexual assumido para fazer o galã ou a mocinha. E não é por uma questão de preconceito interno da Globo, porque a emissora é bastante inclusiva, mas pela aceitação do público”, revelou a produtora, que manteve o anonimato.

Para ela, grande parte dos telespectadores não aceitariam o fato de um homossexual fazer par com uma pessoa do sexo oposto nas tramas.

“Se parte do público confunde um vilão da ficção com o ator, e o intérprete chega a ser xingado e agredido, parece pouco provável que aceitem um gay como protagonista [hétero] da novela”.

A produtora assume que isso pode mudar com o tempo, mas somente se um diretor insistir muito.

Atualmente, muitos aconselham os homossexuais a continuarem no “armário” para que consigam papéis de destaque.

Assim, atores assumidamente gays ainda ficam restritos a personagens coadjuvantes, como é o caso de Nanda Costa, a Maura de Segundo Sol.

 

https://observatoriodatelevisao.bol.uol.com.br/noticia-da-tv/2018/09/publico-ainda-nao-aceita-ator-gay-assumido-como-protagonista-diz-produtora-da-globo

Compartilhar.

Sobre o Autor

Comments are closed.