De pai solo a transexual liberta, histórias dos misses gays de MS

0

Rodrigo, Luanna e Ashley foram os vencedores do concurso em 2019 e agora convidam para mais uma edição
Por Raul Delvizio

Ao invés de apenas por 1 ano – como o de costume – a pandemia do novo coronavírus trouxe aos ganhadores LGBTs do concurso Miss & Mister MS Gay a oportunidade de “reinar” por dois anos consecutivos. Como em 2020 não teve, a competição retoma agora em maio porém em formato não-presencial. Para os vencedores da última edição (2019), porém, as mudanças foram muito além de só vestir a coroa.

Após ganhar o título de mister gay, Rodrigo Lino Morais, 31 anos, viu sua bandeira do arco-íris ser transformada pela “adoção” da cor de rosa. “Realmente muita coisa mudou, e foi incrível. Decidi me tornar pai solo, o que trouxe – mais do que adaptação – um novo pensar sobre a vida, sobre cuidados e sobre responsabilidades”.

Agora, ele é o pai definitivo da bebê Sophia.

Matéria completa clique aqui

 

Compartilhar.

Sobre o Autor

DEIXE UM COMENTÁRIO

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Athosgls 21 anos fazendo a diferença na comunidade LGBT Mundial. Marca registrada.