Sorrento proíbe casamento gay no ‘claustro di San Francesco’

0

NÁPOLES, 11 MAI (ANSA) – O prefeito da cidade de Sorrento, na província de Nápoles, Giuseppe Cuomo, proibiu nesta sexta-feira (11) uma cerimônia de união civil entre um casal homossexual no claustro di San Francesco, um dos lugares religiosos mais românticos da região. A medida foi tomada em conjunto com os responsáveis pelo convento contra Vincenzo D’Andrea e Heriberto Ciro Vasquez, que relataram o acontecido ao jornal “Huffington Post”.

“Um amigo meu foi à prefeitura de Sorrento para pedir informações e o oficial, visivelmente desconfortável, disse que no Claustro di San Francesco é proibido celebrar as uniões civis. No entanto, casamentos civis ocorrem lá, tenho certeza”, contou o casal.

Na estrutura ocorre, em média, 200 cerimônias por ano, principalmente com casais estrangeiros. Mas, segundo, o padre do local, Antonio Ridolfi, a situação cresceu tanto que foi preciso limitar o número de pedidos. “Há celebrações religiosas na igreja adjacente. Não é por homofobia, [temos]respeito pela pessoa sempre. Mas é claro que esse pedido envolve dificuldade objetivas”, explicou, ressaltando que “a posição da igreja sobre certas questões é muito clara”.

“Sentimos muito por esses jovens, somos muito respeitosos, não estamos em guerra com ninguém, mas pedimos respeito pela caridade do lugar. Não aos casamentos civis neste lugar, seja para heterossexual ou para qualquer outra opção”, finalizou o padre Ridolfi. (ANSA)

 

 

https://istoe.com.br/sorrento-proibe-casamento-gay-no-claustro-di-san-francesco/

Compartilhar.

Sobre o Autor

Comments are closed.