Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald | Diretor nega que o filme esconda a homossexualidade de Dumbledore

0

Perguntado sobre polêmica, David Yates respondeu à Empire Magazine e nega que sexualidade de Alvo Dumbledore seja ocultada no longa.

O diretor David Yates (“Animais Fantásticos e Onde Habitam“), responsável pela sequência da franquia derivada do universo de “Harry Potter”, “Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald“, esclareceu mais sobre o mistério em torno da representação do personagem Alvo Dumbledore como um homem gay no filme.

Após a divulgação de novas imagens do longa, o cineasta falou sobre o assunto com a Empire Magazine, e confirmou que Dumbledore não será tratado verbalmente como um homem homossexual neste novo longa. No entanto, Yates disse que não pretende esconder a sexualidade de Dumbledore:

“Esta parte dessa enorme narrativa que [J.K. Rowling] está criando não se concentra em sua sexualidade, mas não estamos escondendo isso. A história [do relacionamento romântico]não está lá neste filme em particular, mas está claro, no que você vê, que ele é gay. Algumas cenas que filmamos são momentos muito sensuais dele e do jovem Grindelwald.”

Rowling, criadora do universo, confirmou pela primeira vez a sexualidade de Dumbledore em 2007, depois que sua série de livros já havia terminado. O personagem foi interpretado por Richard Harris nos dois primeiros filmes da franquia, e por Michael Gambon nas sequências. Em “Os Crimes de Grindelwald”, Jude Law (“Rei Arthur: A Lenda da Espada”) estreia como um Dumbledore mais jovem, ainda professor em Hogwarts. Em julho deste ano, Law também comentou sobre a orientação sexual de seu personagem:

“Como a sexualidade de Dumbledore é retratada neste filme? O que você tem que lembrar é que este é apenas o segundo filme de ‘Animais Fantásticos’ e o que é brilhante sobre a escrita de Jo [J.K. Rowling] é como ela revela seus personagens, e os descasca no coração ao longo do tempo. Você está apenas conhecendo Alvo neste filme.”

A trama do filme seguirá Grindelwald (Johnny Depp, de “Assassinato no Expresso do Oriente”), que escapa da custódia, e prepara-se para reunir seguidores a fim de criar uma sociedade de bruxos de sangue puro e dominar todos os seres não-mágicos. Em um esforço para frustrar os planos do mago das trevas, Alvo Dumbledore recruta seu ex-aluno Newt Scamander, mas essa missão também testará a lealdade deles à medida que enfrentam novos perigos em um mundo mágico cada vez mais perigoso e dividido.

Além de David Yates na direção e Jude Law como Dumbledore, o elenco conta também com os nomes de Eddie Redmayne (“Animais Fantásticos e Onde Habitam”), Katherine Waterston (“Alien: Covenant”), Ezra Miller (“Liga da Justiça”), Dan Fogler e Alison Sudol (ambos de “Animais Fantásticos e Onde Habitam”), Claudia Kim (“A Torre Negra”)Zoe Kravitz (da série “Big Little Lies“), além das adições de Isaura Barbé-Brown (“Legends: Identidade Perdida”), Jessica Williams (A Ressaca 2″) e Callum Turner (“Assassin’s Creed”).

“Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald” estreia no Brasil no dia 15 de novembro de 2018.

Pedro Magalhães
@rapadura
https://cinemacomrapadura.com.br/noticias/512782/animais-fantasticos-os-crimes-de-grindelwald-diretor-nega-que-o-filme-esconda-a-homossexualidade-de-dumbledore/
Compartilhar.

Sobre o Autor

Comments are closed.