Universo trans-brasileiro é abordado em espetáculo no Itaú Cultural

0

Nos dias 21 e 22 de setembro (sábado e domingo), o Coletivo Artístico As Travestidas apresenta o projeto Travestis Itinerantes, que faz parte de O Tempo das Coisas – Mostra Rumos 2017-2018

Depois de ter passado por diferentes cidades brasileiras, o Coletivo Artístico As Travestidas chega em São Paulo por meio de O Tempo das Coisas – Mostra Rumos 2017-2018, para apresentar Quem tem medo de Travesti, dirigido por Silvero Pereira e Jezebel De Carli, nos dias 21 e 22 e ministrar uma oficina no dia 20 de setembro – com inscrições encerradas no dia 9. As duas ações compõem o projeto Travestis Itinerantes, de A Quintal Produções, fruto de pesquisa social, antropológica e artística sobre o universo Trans no Brasil. O trabalho utiliza a linguagem teatral como instrumento de questionamento e transformação social, resultando em um espetáculo cênico-musical com uma equipe composta por atores, cantores, transformistas e bailarinos, todos nordestinos.

Espetáculo

Quem tem medo de travesti propõe reflexões importantes sobre esse universo, onde a invisibilidade, a exclusão e o preconceito são temas centrais na dramaturgia. O cotidiano marginalizado abre espaço para a afetividade e convoca as pessoas para pensarem com sensibilidade e coragem a respeito dessa realidade. É um convite à alegria e a capacidade do ser humano de sentir empatia.

O trabalho tem como base narrativa a construção histórica da travestilidade, na qual travestis exerciam papel de protagonismo no teatro, cabendo-lhes ocupar lugar de destaque nas principais encenações do teatro de revista e, logo em seguida, chegando à decadência, exclusão e marginalização artístico-social. A peça também subverte essas histórias tristes. Vai além ao abordar narrativas de superação e transformação, com o interesse de fortalecer e ampliar essa investigação, promovendo um estudo acerca da “artesania” e “travestilidade” enquanto metodologia em artes cênicas.

Oficina

A Oficina de Montação teve as inscrições encerradas no dia 9 e aborda temas sobre procedimentos técnicos de atuação, dramaturgia e estética de encenação a partir dos conceitos de arte, performance e transformismo. Para isso, o coletivo As Travestidas, representado pela Mulher Barbada, Yasmin Shirran, Deydianne Piaf e Verônica Valenttino, utiliza estudos teóricos e práticos que possuem como base as montagens de espetáculos próprios.

Elas propõem um olhar sobre a maquiagem e a indumentária Drag. Por meio de técnicas de caracterização, o público pode entender a importância da estética, do visagismo e da criação da imagem de uma nova persona.

Ficha Técnica

Idealização: Silvero Pereira

Direção e Dramaturgia: Jezebel De Carli e Silvero Pereira

Elenco: Mulher Barbada, Denis Lacerda, Patrícia Dawson, Diego Salvador, Ítalo Lopes e Verònica Valenttino.

Pesquisa Musical: Silvero Pereira

Preparação Vocal: Angela Moura

Música Original: Verónica Valenttino

Figurinos e adereços: Antônio Rabadan

Cenografia: Elaine Nascimento

Iluminação (turnê): Ricardo Vivian

Operador de Som: Fábio Vieira

Contrarregra: Rafael Rogante

Programador Visual: Cubiculo (Fabio Arruda e Rodrigo Bleque)

Fotos Divulgação: Leonardo Pequiar

Registro e fotos (turnê): Theo Tajes

Assessora de imprensa (turnê) : Maira Baracho

Social Media (turnê): Alef Generoso

Realização: Coletivo Artístico As Travestidas | Quintal Produções

Idealização e Produção: Quintal Produções

Direção Geral: Verônica Prates

Coordenação Artística: Valencia Losada

Produção Executiva: Thiago Miyamoto e Nely Coelho

Assistência de produção: Rafael Rogante

SERVIÇO:

O Tempo das Coisas – Mostra Rumos 2017-2018

Travestis Itinerantes

Espetáculo Quem Tem Medo de Travesti

Dias 21 e 22 de setembro

Sábado, às 20h

Domingo, às 19h

Classificação Indicativa: 16 anos

Sala Itaú Cultural (224 lugares)

Duração: 60 minutos

Entrada gratuita

Distribuição de ingressos:

Público preferencial:?1 horas antes do espetáculo (com direito a um acompanhante)

Público não preferencial: 1 hora antes do espetáculo (um ingresso por pessoa)

Oficina de Montação

Com Mulher Barbada, Yasmin Shirran, Deydianne Piaf e Verônica Valenttino

Dia 20 de setembro, às 10h

20 vagas

Classificação Indicativa: 14 anos

Sala Multiuso

Duração: 6 horas (com 1h de intervalo)

Entrada gratuita (inscrição de 2 a 9 de setembro, pelo site www.itaucultural.org.br)

Divulgação selecionados no dia 13 de setembro

Emite certificado de participação

Compartilhar.

Sobre o Autor

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Athosgls 21 anos fazendo a diferença na comunidade LGBT Mundial. Marca registrada.