Recifest, festival de cinema LGBT, realiza edição online

0

O Recifest – Festival de Cinema da Diversidade Sexual e de Gênero –, realiza pela primeira vez uma edição online após um ano suspenso por conta da pandemia do novo coronavírus. O evento acontece de 26 a 31 de março, com a exibição de 30 filmes curta-metragens de vários estados do país – que estarão disponíveis para visualização e votação popular por cinco dias – um longa-metragem surpresa, oficinas e rodas de diálogos. Toda a programação é gratuita e a classificação indicativa é para maiores de 16 anos. A grade completa está disponível no site do festival e no Instagram @recifestoficial.

“Em um momento tão delicado, decidimos que era hora de nos reinventarmos. Não dava para ficar mais um ano sem promover o Recifest, porque acreditamos na insistência da produção cultural, na importância da luta coletiva”, explica Rosinha Assis, produtora do festival ao lado de Carla Francine. O evento é uma realização das produtoras Olinda Produções e Casa de Cinema de Olinda, com incentivo da Lei Aldir Blanc, Fundarpe e Secretaria de Cultura do Governo do Estado de Pernambuco.

Diferentemente de outras edições, este ano os curtas vencedores não receberão premiação em dinheiro. A novidade é que todas as obras serão contempladas com o pagamento dos direitos pela exibição no festival, e concorrerão aos troféus do festival, que serão conferidos por um júri oficial e por um júri popular, para eleição dos melhores filmes Nacionais e Pernambucanos.

Um dos workshops promovidos pela VIII edição do Recifest é o “Drag Queen Curso – Imersão Drag”, que acontece durante a realização do festival, das 19h30 às 21h, propondo uma imersão na arte drag. A oficina será ministrada por Zé Carlos Gomes e sua persona drag, Sheyla Müller. O segundo workshop é o Documentando, um projeto de formação audiovisual em atividade há mais de 10 anos.

O cineasta Marlom Meirelles, um verdadeiro caçador de histórias e fundador da Eixo Audiovisual, uma produtora independente de cinema, vídeo e TV, é o ministrante do curso. Já as aulas acontecem de 8 a 19 de março, na modalidade pré-gravada, e de 22 a 24 de março, com aulas online e ao vivo, das 14h às 17h. As inscrições, gratuitas, devem ser feitas através do link até o dia 12 de março.

Serão priorizadas inscrições de pessoas trans, não binárias, negras ou indígenas e residentes em comunidades periféricas. “O Recifest é uma luta coletiva. Nasce da união de trans, bis, lésbicas, agêneros e com o apoio dos antifascistas e antirracistas, negros, pardos, índios e brancos não LGBTfóbicos ou misóginos. Estamos prontos para lutar e promover essa arte engajada também nesta oitava edição”, resume Carla Francine.

Diário de Pernambuco

Compartilhar.

Sobre o Autor

DEIXE UM COMENTÁRIO

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Athosgls 21 anos fazendo a diferença na comunidade LGBT Mundial. Marca registrada.