Galã de filme gay é acusado de canibalismo e estupro

0

Protagonista de “Me Chame Pelo Seu Nome”, Armier Hammer é acusado de canibalismo e estrupo

(NA TELINHA) – Famoso por sua atuação em “Me Chame Pelo Seu Nome”, que aborda o romance entre dois homens, e O Agente da U.N.C.L.E, o ator Armier Hammer está no centro de uma grande polêmica. Conversas divulgadas nas redes sociais na madrugada de domingo (10) para segunda-feira (11) apontam que o artista é adepto do canibalismo o e que há até suspeitas de estupro envolvendo seu nome.

De acordo com o jornal Daily Mail, as conversas picantes foram feitas pelo Instagram, de forma privada. “Você é minha! Ouviu? Diga agora! Diga que você é minha. M-i-n-h-a! Eu sou seu dono, e serei para sempre. Preciso do seu sangue, eu desejo ele. Você me dá seu sangue amanhã?”. A pessoa conversando com ele estranha: “Esse assunto… De novo? Isso é meio intenso”. Em seguida, ele diz: “Eu sou intenso. Preciso do seu sangue, quero que me alimente com ele”.

Já em outro momento há indícios de sexo não consentido, ou seja, estupro: “Você foi a versão mais intensa e violenta que já tive. Te estuprar no chão com uma faca contra você, qualquer outra coisa parecia entediante. Você chorando e gritando, eu em cima de você. Eu me senti um Deus. Nunca senti tamanho poder ou intensidade”.

Em uma terceira mensagem indica que o astro é adepto do canibalismo: “Excitado ao pensar em segurar seu coração na minha mão, controlando quando ele bate. Eu sou 100% canibal, quero comer você. É matéria admitir isso. Nunca admiti antes. Eu. já tirei o coração de um animal vivo e comi enquanto estava quente “.

O jornal procurou os assessores do artista para saber a veracidade das conversas, mas não obteve retorno. Uma ex-namorada de Hammer, Courtney VuceKovich, confirmou como histórias por uma rede social.

São Matheus News

Compartilhar.

Sobre o Autor

DEIXE UM COMENTÁRIO

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Athosgls 21 anos fazendo a diferença na comunidade LGBT Mundial. Marca registrada.