Distrito Drag realiza 1º Festival Nacional de Arte Transformista – Fest Drag

0

O evento ocorre a partir desta quinta-feira (18/2), e contará com mostra competitiva, com performances de artistas locais e nacionais; shows musicais; talk show e sessão de cinema com produções que tratam do universo LGBT+.

De 18 a 21 de fevereiro ocorre a 1ª edição do Festival Nacional de Arte Transformista – Fest Drag, com exibição pelo canal do YouTube do Distrito Drag. O evento contará com mostra competitiva de performances de artistas locais e nacionais; shows musicais; talk show e sessão de cinema com produções sobre temáticas históricas e contemporâneas do universo LGBT+. Sempre a partir das 20h, o evento receberá, entre outros nomes, Silvetty Montilla, Betrice Papillon, Tchaka Drag, Allice Bombom, Rita Von Hunty, Bruna Benevides e Potyguara Brado.

Quadros do festival

A Mostra Competitiva Vera Verão será voltada para artistas transformistas locais e nacionais, que foram selecionadas previamente, por meio de inscrição por vídeo entre dezembro de 2020 e janeiro de 2021. Ela objetiva a premiação de artistas transformistas nas categorias Bate Cabelo, Comédia Stand Up, Performance, Visagismo e Vogue. Todas as apresentações artísticas são adequadas ao tema Que país é esse?, e o objetivo é pensar sobre questões atuais da realidade brasileira, valorizando as identidades locais em resposta às tendências globalizantes.

Além deste, a programação também conta com os quadros Show Musical de Leona Luna, trazendo também artistas locais e nacionais, e o Talk-Show Miss Biá, que irá tratar dos temas Arte transformista drag – história e memória; Empreendedorismo drag e economia criativa LGBT+; Arte, política e lutas LGBT+; e Estética drag e processo criativo.

Por fim, o Cine Queer Madame Satã, cujo nome homenageia João Francisco dos Santos. Mais conhecido como Madame Satã, ele foi um artista transformista brasileiro e um dos personagens mais representativos da vida noturna e marginal da Lapa carioca na primeira metade do século XX. O quadro fará a exibição de produções audiovisuais, em especial curtas-metragens, sobre temáticas históricas e contemporâneas do universo LGBTI+. A cada exibição, haverá espaço para debate e reflexão em torno da obra, com a presença do diretor ou diretora, e atores e atrizes dos filmes.

Confira a programação completa, com início sempre às 20h:

Quinta-feira (18/2)

Talk Show Miss Biá – Arte transformista: história e memória, com Silvetty Montilla e Betrice Papillon.

Mostra Competitiva Vera Verão – com finalistas da categoria Vogue

Cine Queer Madame Satã – exibição e debate do filme Allice. Dirigido por Fernanda Carvalho, o documentário conta a história da Drag Queen Allice Bombom.

Show Musical Leona Luna – recebe apresentação de Tonhão Nunes (DF).

Sexta-feira (19/2)

Talk Show Miss Biá – Acué das manas: empreendedorismo drag e economia criativa LGBT+, com Tchaka Drag Queen e Allice Bombom.

Mostra Competitiva Vera Verão – com finalistas das categorias Visagismo e finalistas da categorias Stand Up.

Cine Queer Madame Satã – exibição e debate do filme Maria Luiza. Com direção de Marcelo Días, o filme conta a história de Maria Luiza da Silva, a primeira militar reconhecida como transsexual das Forças Armadas Brasileiras, que serviu por 22 anos até ser aposentada por invalidez. O diretor a acompanha na jornada de transição e de ter o nome e gênero reconhecidos pela Aeronáutica.

Show Musical Leona Luna – recebe a apresentação de Danna Lisboa (SP).

Sábado (20/2)

Talk Show Miss Biá – Arte, políticas culturais e lutas LGBT +, com Rita Von Hunty e Bruna Benevides.

Mostra Competitiva Vera Verão – com finalistas da categoria Performance.

Cine Queer Madame Satã – exibição e debate do filme Afronte. Na produção dirigida por Bruno Victor Santos e Marcus Azevedo, ficção e documentário se cruzam para mostrar o processo de transformação e empoderamento de Victor Hugo, um jovem negro e gay, morador da periferia do Distrito Federal.

Show Musical Leona Luna – recebe a apresentação de Madison (DF).

Domingo (21/2)

Talk Show Miss Biá – Estética Drag e processo criativo, com Ivana Wonder e Carrie Myers

Mostra Competitiva Vera Verão – cerimônia de premiação.

Cine Queer Madame Satã – exibição e debate do filme Meu preço. Dirigido por Hsu Chien, o filme conta a história de Morena, uma travesti de programa que se une às amigas transsexuais para mais uma noite de rotina e luta pela sobrevivência. Ao se deparar com um cliente novo, ela traz o passado à tona de forma violenta e angustiante.

Show Musical Leona Luna – recebe a apresentação de Potyguara Brado (RN).

Serviço

1º Festival Nacional de Arte Transformista
Pelo canal do YouTube e redes sociais (Facebook e Instagram) do Distrito Drag. De 18 a 21 de fevereiro. Sempre a partir das 20h. O evento contará com mostra competitiva com performances de artistas locais e nacionais; shows musicais; talk show, com debates de temas importantes e sessão de cinema com produções sobre temáticas históricas e contemporâneas do universo LGBT+. Gratuito e on-line.

Correio Braziliense

Compartilhar.

Sobre o Autor

DEIXE UM COMENTÁRIO

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Athosgls 21 anos fazendo a diferença na comunidade LGBT Mundial. Marca registrada.