Confira seis destinos onde a união LGBTQ+ é legalizada

0

A luta pelos direitos, que cresce a cada ano, já colheu conquistas importantes, como o direito à união estável homoafetiva, adoção conjunta por casais homoparentais, casamento civil igualitário, e paradas comemorativas.

No Brasil, por exemplo, já é possível alterar o nome e redesignar o sexo no registro civil e, em São Paulo, acontece a maior Parada LGBTQ do mundo.

Pensando na luta pelos direitos LGBTQ, a ASSIST CARD separou alguns dos melhores destinos turísticos, nos quais o casamento homoafetivo é legalizado:

Holanda
A Holanda foi o primeiro país a legalizar o casamento entre pessoas do mesmo sexo e sua capital, Amsterdã, é conhecida por ser uma das cidades mais receptivas com o público gay. Na cidade, que tem em sua população cerca de 30% de homossexuais, é possível encontrar diversas opções de entretenimento, como bares, baladas, hotéis, livrarias e outros estabelecimentos voltados ao público LGBTQ. Além disso, a Parada LGBTQ é diferenciada e acontece nos canais da cidade. Aos que querem uma opção mais tranquila, basta aproveitar as paisagens que garantem o clima de romantismo.

Argentina
O país foi o primeiro na América Latina a aprovar a união homoafetiva, e sua capital, Buenos Aires, foi eleita por 200 líderes da comunidade LGBTQ como a melhor cidade latina para turismo, pois reconhecem amplamente seus direitos. O destino também é conhecido como um dos dez mais românticos da América Latina, perfeito para casais em lua de mel.

Estados Unidos
O país em que o casamento homossexual foi aprovado em todo seu território, é visto como líder internacional neste cenário. Reconhecida como a capital gay do mundo, São Francisco é o destino LGBTQ mais famoso dos EUA. Em junho, cerca de meio milhão de pessoas se reúnem para sua famosa parada, ainda, no mesmo mês é possível conhecer o Festival de Cinema Gay. Vale a pena conferir o bairro Castro, onde a maioria dos bares, lojas, hotéis são voltados para esse público. Outra opção no país americano são os bairros de Chelsea e Greenwich Village em Nova York, que oferecem uma gama de festas, baladas e bares gay. Para os românticos de plantão uma opção é a ilha paradisíaca de Key West, na Flórida, conhecida internacionalmente como um point LGBTQ.

Canadá
Famoso por ser liberal e progressista, o Canadá possui uma das cidades mais acolhedoras para a comunidade LGBTQ: Toronto. Uma das atrações que você não pode deixar de conferir é a The Village, conhecida como “gay village”, fica localizada no bairro Wellesley-Church e fica decorada com bandeiras e arco-íris durante o ano todo. O restaurante 360 no topo da CN Tower é o melhor lugar para dizer “eu te amo” e aproveitar a gastronomia local.

Brasil
Por aqui temos opções para todos os tipos de casais! Os mais baladeiros podem curtir as opções que a cidade de São Paulo dispõe, e também participar da maior parada do mundo destinada ao público gay. Os que procuram mais romantismo podem viajar para os estados da Bahia, Pernambuco, RJ e Santa Catarina, para curtir as praias e a gastronomia local. Já para os que procuram se aprofundar na cultura brasileira, Minas Gerais detém 70% do patrimônio cultural e também é o terceiro Estado com maior número de casais gays morando juntos.

Espanha
A capital espanhola, Madrid, é considerada um dos melhores destinos para celebrar o orgulho gay. Madrid Orgullo é o nome dado ao evento de celebração. Além da parada, que recebe cerca de 1 milhão de turistas a cada ano, há baladas, shows, atividades culturais, competições esportivas, espalhados por toda cidade. Para os casais que viajaram à procura do romantismo, o Parque del Retiro oferece muitas opções.

Austrália
A Austrália foi o mais recente país a permitir a união entre pessoas do mesmo sexo, mas Sydney sempre foi um dos destinos mais frequentados pelo público LGBTQ. Além da cidade ter sido sede dos Jogos Gays (2002), também tem uma das maiores festas destinadas ao público, o Mardi Gras. Quem não curte festas pode aproveitar as praias australianas com seu par, ou visitar o porto Darling Harbour e fazer um passeio na famosa roda gigante.

Vale ressaltar, entretanto, que existem países como a Rússia, Jamaica, Guatemala, Bahamas, Honduras e alguns do Oriente Médio, que não são receptivos aos LGBTQs. Por isso é tão importante viajar bem informado e com segurança, assim é possível aproveitar sempre o melhor de localidade. O aplicativo da ASSIST CARD, além de oferecer assistência abrangente ao viajante em casos médicos, perda de documentação, perda de bagagem ou ainda informações referentes aos hotéis, museus, restaurantes e outros pontos turísticos por meio do aplicativo LOOP Your World, também está integrado ao GeoSure Global, que permite aos turistas LGBTQ verificarem os destinos mais seguros.

Fique atento! Alguns destinos exigem a contratação de seguro viagem, como o caso da Holanda e da Austrália, mas vale lembrar a importância de contar sempre com um bom seguro, ainda que não seja obrigatório, para garantir a melhor experiência em sua viagem.

Sobre a ASSIST CARD
A ASSIST CARD, empresa do grupo STARR COMPANIES, é referência do segmento de seguro viagem no Brasil. Fundada em 1972 na Suíça, a companhia se expandiu rapidamente pelos cinco continentes. Atualmente possui 74 centrais, as quais são interligadas entre si e utilizam tecnologia de ponta para garantir a disponibilidade imediata 24 horas por dia, em 16 idiomas e em mais de 190 países. Com uma ampla rede de prestadores de serviços em todos os lugares do mundo, oferece todo o acompanhamento, incluindo desde uma consulta médica até eventualidades mais complexas como um traslado sanitário transoceânico, localização de bagagem, reserva de voos, entre outros serviços. A companhia é a única empresa de seguro-viagem ranqueada entre as melhores do site Reclame Aqui. Para mais informações, acesse: http: //www.assistcard.com/br

Gay,tur

Compartilhar.

Sobre o Autor

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Athosgls 21 anos fazendo a diferença na comunidade LGBT Mundial. Marca registrada.