A primeira certidão de nascimento em Ceará com registro de pessoa não-binária

0
Getting your Trinity Audio player ready...

O Estado do Ceará vai emitir certidões de nascimento pela primeira vez para uma pessoa não-binária. A psicanalista contemplada é originária de Santa Catarina, mas agora reside em Mulungu, no interior do Ceará. Ela contou com a ajuda da Defensoria Pública do Ceará (DPCE). Isso significa que no registro do sexo não constará nenhuma identidade de gênero “feminina” ou “masculina”, pois essas identidades de gênero se pertencem a ambos os sexos simultaneamente.

Em 2015, Brune Bonassi, de 31 anos, descobriu que não era binária. Ela explicou que teve que esperar uma “brecha” porque a retificação direta do nome de uma pessoa trans no cartório ainda não era possível à época.

Matéria completa aqui


Deixe um comentário ou dica do que gostaria que pudéssemos trazer de novidade para vocês. E se curte nosso CANAL faça uma doação de qualquer valor para que possamos continuar com esse trabalho.

PIX: (11) 98321-7790
PayPal: [email protected]

TODO APOIO É IMPORTANTE.

Compartilhar.

Sobre o Autor

DEIXE UM COMENTÁRIO

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.