Tudo o que você precisa saber sobre a Manchester Pride

0

por

Uma das mais antigas Parada do Orgulho LGBT do Reino Unido, a Manchester Pride terá seu ápice no próximo 25 de agosto, quando acontece a marcha pelas ruas da cidade. Mas o evento é maior que isso e entre 24 e 27 de agosto celebra a diversidade com o chamado Manchester Pride Festival.

A história da Parada Gay de Manchester começa em 1985, quando houve a primeira celebração com a temática organizada na cidade. Já no ano seguinte houve a chamada Pride North, quando Manchester começou a assumir o protagonismo de destino gay do norte da Inglaterra. A ideia de tornar a celebração um festival maior foi iniciada em 1989, quando foi organizado o festival musical “Celebration of Gay and Lesbian Diversity”. Inicialmente o evento era conhecido como um Mardi Gras (espécie de carnaval gay), e somente no encerramento da Parada Gay de Manchester em 2003, quando a cidade também sediou a Europride, é que o evento passou a ser chamado de Manchester Pride.

Atualmente o Manchester Pride Festival inclui três grandes eventos que reúnem milhares de pessoas – turistas e moradores: The Big Weekend (festival que ocupa o famoso Manchester Gay Village), a Manchester Pride (a Parada do Orgulho LGBT de Manchester em si, que acontece nas ruas do centro de Manchester) e o Candlelit Vigil (vigília que acontece no Sackville Park). O tema desta edição é “Circo da Aceitação” (clique no link para ler a matéria a respeito).

Desde 2003 o Manchester Gay Village vira uma área fechada durante o período do Manchester Pride Festival, para arrecadar fundos para instituições que apoiam a causa LGBT. Apesar da controvérsia e da afirmação das autoridades que qualquer passante tem o direito de acessar a região, os organizadores acreditam que a cobrança de ingressos permite mais segurança e também ajudam as instituições LGBTs. Polêmicas a parte, entre as atrações que se apresentam este ano no Big Weekend estão Rita Ora, Jake Shears, Sigala e Alexandre Burke (clique no link para comprar os tickets). Há ainda espaço para festas na Gaydio Dance Arena, com a participação de DJs locais e internacionais, incluindo dois dos DJs originais do icônico Club Studio 54 de Nova York – Nicky Siano e Jellybean Benitez.

Já a Parada Gay de Manchester – Manchester Pride, que acontece no sábado (25/08) tem entrada gratuita. O maior espetáculo da Terra, o Circo invadirá as ruas do centro de Manchester para mostrar e celebrar toda a diversidade da comunidade LGBT local, com suas peculiaridades, habilidades e diferenças. Monociclistas, malabaristas e trapezistas marcaram presença e convidam o público a participar do desfile na caminha ou assistindo e mostrando seu suporte.

Outro evento gratuito, apesar de estar localizado dentro do Manchester Gay Village, é o Candlelit Vigil, que encerra a programação da Manchester Pride no dia 27 de agosto. Um mar de velas toma conta do Sackville Park, que fica ao lado da famosa Canal Street e foi adotado pela comunidade LGBT local, para lembrar as vítimas do HIV. O evento serve também para alertar sobre a doença e combater o estigma que ainda existe. Além disso, o momento de reflexão abre espaço para lembrar aqueles que ainda estão sofrendo e sendo perseguidos por ser LGBT e lembrar dos inúmeros desafios que a comunidade ainda enfrenta diariamente por todo mundo.

Durante todo o período do Manchester Pride Festival os bares, pubs e clubs locais preparam uma programação especial para receber os moradores e turistas. Além disso, muita gente aproveita para conhecer os pontos icônicos da cidade para a comunidade LGBT. Por isso, vale conferir o roteiro gay de Manchester e saber onde ir quando estiver celebrando a diversidade nos eventos do fim de semana da Parada Gay de Manchester.

Homepage

Compartilhar.

Sobre o Autor

Comments are closed.