Representatividade! POPline abre espaço e dá visibilidade para artistas LGBTQ com nova série de entrevistas

0

Geralmente conhecemos histórias emocionantes de superação quando esse alguém é exposto na mídia ou quando estamos dentro do universo dessas personagens, mas há trajetórias que precisam de mais holofotes. Elas nos levam a refletir, trazem para dentro de nossas casas assuntos que talvez não entrariam de maneira “mais natural” e podem ajudar a abrir nossas mentes para um melhor entendimento.

Sabemos que a luta de artistas LGBTQ pelo reconhecimento e respeito não é algo novo. Ela existe há décadas, mas o fenômeno que estamos presenciando de poucos anos para cá é sim algo inédito. Nomes como Gloria Groove, Aretuza Lovi, Pabllo Vittar (foto abaixo), entre outros, chamaram a atenção da dita mídia tradicional (jornais, rádios e TVs), conseguiram tal abertura para dentro das nossa famílias e rodas de amigos e estão ampliando a discussão sobre direitos LGBTQ e fazendo todo mundo entender que não precisa gostar, basta respeitar. É muito simples! Como artistas da música, eles usam esta arte ampla e impõem respeito como profissionais.

POPline tem o maior respeito pelos artistas LGBTQ por entender que além da luta tradicional de conseguir visibilidade entre tantos nomes da música nacional, até há pouco tempo totalmente dominada pelo estilo sertanejo, eles ainda precisam lidar com críticas vazias e ignorantes. E é aqui que entra a nossa nova série de entrevistas que começa no próximo dia 7 de abril e seguirá até junho.

A cada sábado vamos conhecer um nome, uma história, te aproximar dessa luta, tentar sensibilizar e apresentar você a novas músicas. Não é necessário chamar de “hino”, mas é necessário sim ampliar o foco. Ver que estamos em uma nova era, com novos protagonistas. Uma era que clama por liberdade, respeito e amor.

E a primeira história da Pride POPline é Kaya Conky, uma drag queen “dona de Natal (RN)” como é chamada carinhosamente. Conversamos com LaMona Divine, As Baphônicas, Pepita, Potyguara Bardo, Maddax, Danna Lisboa, BUTANTAN… nomes que alguns de vocês podem totalmente desconhecer, ter apenas ouvido falar, mas que esperamos que ajude a refletir após ler o que elas tem a dizer.

Aguarde.

 

 

 

http://portalpopline.com.br/representatividade-popline-abre-espaco-e-da-visibilidade-para-artistas-lgbtq-com-nova-serie-de-entrevistas/

Compartilhar.

Sobre o Autor

Comments are closed.