Relatório revela que Hitler tinha “tendências homossexuais”

0

Um estudo de um antropólogo norte-americano revela ainda que o ditador viveu num albergue gay

Um relatório produzido pela Agência de Inteligência dos Estados Unidos (CIA) durante a Segunda Guerra Mundial revela que Adolf Hittler tinha “tendências homossexuais” e que viveu num albergue gay, na Áustria. Os documentos estão a ser divulgados pela imprensa norte-americana.

Segundo o relatório que foi enviado ao presidente norte-americano Franklin D. Roosevelt em 1943, Hitler era tanto “homossexual como heterossexual” e tinha uma atração sexual por Rudolf Hess, o Delegado de Führer, que está presente no relatório como sendo gay e tendo tendências para o travestismo.

“A vida sexual de Hitler era dupla, tal como a sua perspetiva política. Ele tanto é homossexual como heterossexual; tanto é socialista como é nacionalista; tanto é homem como é mulher”, escreveu Henry Field, o antropólogo norte-americano que liderou o estudo.

Os documentos vão mais longe e referem ainda que, no período entre 1910 e 1913, o ditador viveu num albergue masculino na capital austríaca. Segundo os arquivos do Escritório de Serviços Estratégicos, antecessor da atual CIA, esse espaço era conhecido por ser “um lugar onde homens mais velhos iam em busca de jovens para prazeres homossexuais”.

As informações foram cedidas por Ernst Sedgwick Hanfstaengl, um alemão de ascendência americana que foi grande amigo e confidente de Hitler antes do ditador chegar ao poder e que colaborou com os Estados Unidos durante o Terceiro Reich.

 

 

https://sol.sapo.pt/artigo/629273/relatorio-revela-que-hitler-tinha-tend-ncias-homossexuais-

Compartilhar.

Sobre o Autor

Comments are closed.