Prova do Enem traz questão sobre gírias gays

0

Por

Rangel Querino

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) surpreendeu ao trazer em uma das provas aplicadas neste domingo (04) um texto sobre o pajubá, linguagem muito utilizada e conhecida pelos membros da comunidade LGBT.

Uma das questões abordadas na avaliação de Linguagens, trazia em seu enunciado o título: “Aquenda o Pajubá’: conheça o ‘dialeto secreto’ utilizado por gays e travestis”. Os candidatos então tiveram que responder o que caracterizava um dialeto, a partir desta exemplificação.

“Nhaí, amapô! Não faça a loka e pague meu acué, deixe de equê se não eu puxo teu picumã!”, foi um dos textos utilizado como exemplo. A questão explicou ainda que muitas das palavras utilizadas no pajubá são oriundas do yorubá, língua tipicamente africana.

Tomando como referência o dicionário “Aurélia – A Dicionária da Língua Afiada”, lançado em 2006 Vitor Angelo e Fred Libi, a prova ainda informou que não há registro de quando ou quem lançou as gírias gays.

Questão do Enem traz pajubá como exemplificação do dialeto
Questão do Enem traz pajubá como exemplificação de dialeto (Foto: Reprodução)

Observatório G

Compartilhar.

Sobre o Autor

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of