Sábado, 21 de Outubro de 2017
Adicionar a Favoritos RSS Facebook Linkedin Twitter Wordpress
   
Selecione abaixo:



Anuncie AQUI
Celebridades GLBT
ClicRN
Estadão
Folha on Line
Istoé
Jornal da Paraíba
Paradas gays - News
Portal de Picos
Portal Terra
Saúde
Ultimas Notícias
Outras notícias
AccorHotels ativa rúgbi com treino aberto de time LGBT
Narcos: terceira temporada revela história de traficante gay
Roteiro gay por Paris
Finn e Poe vão se assumir gays em ‘Star Wars’? John Boyega responde!
Homossexualidade? "Asquerosa", diz ministro dos Direitos Humanos

Dinâmica do privilégio dá início a curso sobre Comunicação LGBT

10/10/2017:

 

Tratamento da mídia sobre grupo e termos para serem substituídos também estiveram em pauta 

 

Ministrantes e participantes do curso - Grupo Somos

 

Na manhã do último sábado, 7, em uma sala pequena, com clima despojado e um grupo reduzido de participantes, os ministrantes do curso ?Marketing e Comunicação: como não pisar na bola com LGBTs? iniciaram o workshop de três dias com a realização de uma dinâmica sobre privilégios sociais e econômicos. Ainda, foram pautados tópicos como o tratamento da mídia em relação a lésbicas, gays, bissexuais, transexuais e travestis e termos para serem substituídos em notícias.

O colunista do jornal Sul21 Gabriel Galli deu abertura ao curso com um exercício prático que tinha o propósito de provocar e levar o público à reflexão sobre o tema. Na ação, inspirada em um vídeo do portal BuzzFeed, o coordenador-geral do grupo Somos fez perguntas sobre diferentes situações de vida, na qual quem passava por momentos ruins regredia casas e, quem vivenciasse boas situações, avançava. Segundo o jornalista, a finalidade da dinâmica é perceber as grandes diferenças socioeconômicas entre os membros da sociedade.

Os integrantes discutiram a forma em que as marcas estão adotando temas LGBT. Segundo Galli, apesar da atitude ser importante, em alguns casos o discurso empregado pelas empresas é feito de maneira errônea, utilizando-se termos que reproduzem preconceitos. Como exemplo, o profissional citou a palavra homossexualismo, que remete a doenças e deve ser substituída por homossexualidade. Ao se referir às pessoas transgêneras, alertou sobre a sensibilidade dos comunicadores não perguntarem para elas a respeito de antes da transição.

No workshop, conduzido em conjunto pelo assistente de Atendimento da Paim Marcos Dantas e pelo jornalista da revista do Instituto Humanitas Unisinos (IHU) Vitor Necchi, também foram abordados assuntos como o movimento histórico LGBT e o casamento homossexual no Brasil e em outros países. A próxima aula, conforme adiantado pelos orientadores, será focada em cases positivos e negativos de campanhas publicitárias e propagandas do Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar).

 

 

 

https://coletiva.net/comunicacao/dinamica-do-privilegio-da-inicio-a-curso-sobre-comunicacao-lgbt,229986.jhtml

 

 

Comente esta matéria
Título: Dinâmica do privilégio dá início a curso sobre Comunicação LGBT
Seu nome:
Seu Estado:
Seu e-mail:
Comentário:
Segurança: Confirme o código:
OBS.: Nos reservamos o direito de deletar toda e qualquer mensagem contendo palavões, baixarias ou até mesmo termos homofóbicos. Favor respeitar as devidas fontes de cada matéria.
Comentários
Não há comentários.