Terça-feira, 24 de Outubro de 2017
Adicionar a Favoritos RSS Facebook Linkedin Twitter Wordpress
   
Selecione abaixo:



Anuncie AQUI
Celebridades GLBT
ClicRN
Estadão
Folha on Line
Istoé
Jornal da Paraíba
Paradas gays - News
Portal de Picos
Portal Terra
Saúde
Ultimas Notícias
Outras notícias
Piso Em Manta Preto Pvc Emborrachado 3mm academia por apenas 31,00m
Número de homicídios contra homossexuais cresce em Alagoas
PSol elege primeiro gay a ocupar presidência de partido no DF
Sam Smith: "Sinto-me tanto mulher como homem"
AccorHotels ativa rúgbi com treino aberto de time LGBT

Pesquisadora critica decisão de juiz sobre homossexualidade

21/09/2017:

 

Márcia Badaró comentou a liminar que autoriza o tratamento de pessoas que buscam "reorientação sexual". Desde 1990, a OMS deixou de considerar a homossexualidade como doença

 

A professora de psicologia jurídica da UERJ, Márcia Badaró, falou ao Revista Brasil sobre a liminar do juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, do Distrito Federal, que autoriza que psicológos ofereçam tratamento para "reorientação sexual" e realizem pesquisas sobre a abordagem. Márcia, que também é membro do Conselho Federal de Psicologia (CFP), criticou a decisão e afirma que ela vai contra os direitos humanos e o consenso científico na área. 

Ouça a entrevista completa:

A liminar do juiz não anula os efeitos da resolução 01/99 do CFP, que determina que a homossexualidade não seja tratada como doença, mas permite que seja realizado tratamento com vistas a reorientação sexual. "Na verdade, é uma forma disfarçada de continuar a patologizar a homossexualidade", pontua a psicológa.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) desde 1990 retirou a homossexualidade da lista de comportamentos considerados doença. O CFP já se manifestou em comunicado afirmando que irá recorrer da decisão liminar do juiz e que "lutará em todas as instâncias possíveis para a manutenção da Resolução 01/99".

O Revista Brasil vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 6h, pela Rádio Nacional do Alto Solimões e às 8h, pelas rádios Nacional da AmazôniaNacional de Brasília e Nacional do Rio de Janeiro.

 

 

 

http://radios.ebc.com.br/revista-brasil/2017/09/pesquisadora-critica-decisao-de-juiz-sobre-homossexualidade

 

Comente esta matéria
Título: Pesquisadora critica decisão de juiz sobre homossexualidade
Seu nome:
Seu Estado:
Seu e-mail:
Comentário:
Segurança: Confirme o código:
OBS.: Nos reservamos o direito de deletar toda e qualquer mensagem contendo palavões, baixarias ou até mesmo termos homofóbicos. Favor respeitar as devidas fontes de cada matéria.
Comentários
Não há comentários.