Quinta-feira, 19 de Outubro de 2017
Adicionar a Favoritos RSS Facebook Linkedin Twitter Wordpress
   
Selecione abaixo:



Anuncie AQUI
Celebridades GLBT
ClicRN
Estadão
Folha on Line
Istoé
Jornal da Paraíba
Paradas gays - News
Portal de Picos
Portal Terra
Saúde
Ultimas Notícias
Outras notícias
STF pode derrubar restrição à doação de sangue feita por homossexual
Atibaia, no interior de São Paulo, terá sua primeira sunset LGBT
Vila da Penha recebe 2ª Parada Gay neste domingo
Homem tortura até a morte filho da namorada por achar que ele era gay
Vereador muda o tom e pede desculpas à sociedade e até ao arcebispo

‘A Força do Querer’: transgênero Ivana será um homem gay

10/08/2017:

 

Revelação, feita pela psicóloga da menina, abre possibilidade de ela terminar com Cláudio (Gabriel Stauffer)

 

Ivana (Carol Duarte) ouve da psicóloga que será um homem gay (Reprodução/TV Globo)

 

Contado com delicadeza por Gloria Perez em A Força do Querer, o drama de Ivana (Carol Duarte) seduziu o público de tal forma que a personagem conta não apenas com uma torcida para que se pacifique ao fazer a travessia, como é chamada a transição de um gênero a outro, mas também para que termine com Cláudio (Gabriel Stauffer), o namorado a quem abandonou no auge da confusão que sentia em relação ao próprio corpo. No capítulo que vai ao ar nesta quinta-feira, Gloria deixará a porta aberta para isso acontecer.

Em nova sessão de terapia, Ivana vai dizer à psicóloga que, agora que conheceu o transgênero real Tê (Tereza, hoje Tarso Brant), entendeu que na verdade é um menino e que se sente enfim encaixada em um gênero. Mas que não consegue compreender por que o seu sentimento em relação a Cláudio não mudou.

 

 

http://veja.abril.com.br/entretenimento/a-forca-do-querer-transgenero-ivana-sera-um-homem-gay/

 

 

 

Comente esta matéria
Título: ‘A Força do Querer’: transgênero Ivana será um homem gay
Seu nome:
Seu Estado:
Seu e-mail:
Comentário:
Segurança: Confirme o código:
OBS.: Nos reservamos o direito de deletar toda e qualquer mensagem contendo palavões, baixarias ou até mesmo termos homofóbicos. Favor respeitar as devidas fontes de cada matéria.
Comentários
Não há comentários.