Terça-feira, 24 de Outubro de 2017
Adicionar a Favoritos RSS Facebook Linkedin Twitter Wordpress
   
Selecione abaixo:



Anuncie AQUI
Celebridades GLBT
ClicRN
Estadão
Folha on Line
Istoé
Jornal da Paraíba
Paradas gays - News
Portal de Picos
Portal Terra
Saúde
Ultimas Notícias
Outras notícias
Piso Em Manta Preto Pvc Emborrachado 3mm academia por apenas 31,00m
Número de homicídios contra homossexuais cresce em Alagoas
PSol elege primeiro gay a ocupar presidência de partido no DF
Sam Smith: "Sinto-me tanto mulher como homem"
AccorHotels ativa rúgbi com treino aberto de time LGBT

Autoridades detêm 29 homossexuais em festa clandestina no Bangladesh

19/05/2017:

 

Pelo menos 29 homossexuais foram detidos na quinta-feira por participarem numa festa clandestina LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgénero) e alegadamente consumirem drogas ilegais no Bangladesh, disseram hoje as autoridades.

 

"Foram detidos por homossexualidade e consumo de drogas ilegais", afirmou Jahangir Hossain Matabbar, comandante do Batalhão de Ação Rápida (RAB), corpo de elite da polícia do Bangladesh que participou, na quinta-feira à noite, na operação contra o grupo LGBT em Keraniganj, nos arredores de Daca.

Matabbar acrescentou que a polícia tinha recebido informação sobre uma reunião de um grupos de pessoas para "consumir drogas e realizar atividades encobertas".

A polícia encontrou "drogas e artigos sexuais como preservativos e azeite", explicou o agente, indicando que os participantes na festa reuniam-se naquele local periodicamente e comunicavam através das redes sociais.

No Bangladesh, a homossexualidade é considerada crime e contempla penas que podem ir até à prisão perpétua, apesar de ser pouco comum chegarem casos a tribunal.

Em 2016, durante as celebrações do ano novo do Bangladesh, em abril, quatro ativistas de direitos da comunidade LGBT foram detidos, e libertados horas depois, por desfilarem com as cores do arco-íris.

Dez dias depois, dois dos principais ativistas do Roopbaan, grupo defensor dos direitos da comunidade LGBT no Bangladesh, foram assassinados por membros de um grupo afiliado da rede terrorista Al-Qaida.

Mais de 70 pessoas, incluindo bloguistas, intelectuais, membros de minorias religiosas e estrangeiros, foram assassinados no Bangladesh desde 2013 por grupos extremistas.

 

 

 

https://www.rtp.pt/noticias/mundo/autoridades-detem-29-homossexuais-em-festa-clandestina-no-bangladesh_n1002645

 

Comente esta matéria
Título: Autoridades detêm 29 homossexuais em festa clandestina no Bangladesh
Seu nome:
Seu Estado:
Seu e-mail:
Comentário:
Segurança: Confirme o código:
OBS.: Nos reservamos o direito de deletar toda e qualquer mensagem contendo palavões, baixarias ou até mesmo termos homofóbicos. Favor respeitar as devidas fontes de cada matéria.
Comentários
Não há comentários.