Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017
Adicionar a Favoritos RSS Facebook Linkedin Twitter Wordpress
   
Selecione abaixo:



Anuncie AQUI
Celebridades GLBT
ClicRN
Estadão
Folha on Line
Istoé
Jornal da Paraíba
Paradas gays - News
Portal de Picos
Portal Terra
Saúde
Ultimas Notícias
Outras notícias
Ator de Modern Family vive romance gay em clipe
Conheça Kami Sid, a primeira modelo trans do Paquistão
Família LGBT negra estrela a coleção da Acne Studios
Flávia Alessandra entrega situação inusitada com filha: 'Acharam que era casal'
Orgulho em São Petersburgo marcado por detenções

Autoridades detêm 29 homossexuais em festa clandestina no Bangladesh

19/05/2017:

 

Pelo menos 29 homossexuais foram detidos na quinta-feira por participarem numa festa clandestina LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgénero) e alegadamente consumirem drogas ilegais no Bangladesh, disseram hoje as autoridades.

 

"Foram detidos por homossexualidade e consumo de drogas ilegais", afirmou Jahangir Hossain Matabbar, comandante do Batalhão de Ação Rápida (RAB), corpo de elite da polícia do Bangladesh que participou, na quinta-feira à noite, na operação contra o grupo LGBT em Keraniganj, nos arredores de Daca.

Matabbar acrescentou que a polícia tinha recebido informação sobre uma reunião de um grupos de pessoas para "consumir drogas e realizar atividades encobertas".

A polícia encontrou "drogas e artigos sexuais como preservativos e azeite", explicou o agente, indicando que os participantes na festa reuniam-se naquele local periodicamente e comunicavam através das redes sociais.

No Bangladesh, a homossexualidade é considerada crime e contempla penas que podem ir até à prisão perpétua, apesar de ser pouco comum chegarem casos a tribunal.

Em 2016, durante as celebrações do ano novo do Bangladesh, em abril, quatro ativistas de direitos da comunidade LGBT foram detidos, e libertados horas depois, por desfilarem com as cores do arco-íris.

Dez dias depois, dois dos principais ativistas do Roopbaan, grupo defensor dos direitos da comunidade LGBT no Bangladesh, foram assassinados por membros de um grupo afiliado da rede terrorista Al-Qaida.

Mais de 70 pessoas, incluindo bloguistas, intelectuais, membros de minorias religiosas e estrangeiros, foram assassinados no Bangladesh desde 2013 por grupos extremistas.

 

 

 

https://www.rtp.pt/noticias/mundo/autoridades-detem-29-homossexuais-em-festa-clandestina-no-bangladesh_n1002645

 

Comente esta matéria
Título: Autoridades detêm 29 homossexuais em festa clandestina no Bangladesh
Seu nome:
Seu Estado:
Seu e-mail:
Comentário:
Segurança: Confirme o código:
OBS.: Nos reservamos o direito de deletar toda e qualquer mensagem contendo palavões, baixarias ou até mesmo termos homofóbicos. Favor respeitar as devidas fontes de cada matéria.
Comentários
Não há comentários.