Segunda-feira, 29 de Maio de 2017
Adicionar a Favoritos RSS Facebook Linkedin Twitter Wordpress
   
Selecione abaixo:



Anuncie AQUI
Celebridades GLBT
ClicRN
Estadão
Folha on Line
Istoé
Jornal da Paraíba
Paradas gays - News
Portal de Picos
Portal Terra
Saúde
Ultimas Notícias
Outras notícias
Mercado corporativo e de lazer LGBT
Políticos assumidamente homossexuais
Vila Real abre portas à 1a Marcha LGBT
Ensaio fictício mostra a vida de mulheres em clínicas de "cura gay"
O casamento gay já é realidade em Taiwan

Roberto Justus aprova casais gays nas próximas edições de 'Power Couple Brasil'

18/04/2017:

 

Segunda temporada do reality show estreia às 22h30 desta segunda-feira

 

Gabriel Sobreira

Rio - O ditado popular diz “azar no jogo, sorte no amor”. Contudo, 11 casais estão dispostos a contradizer o provérbio e provar que a sintonia entre os parceiros pode render um prêmio de até R$ 1 milhão — o valor final será determinado pelo quanto a dupla acumulará ao longo do jogo — na segunda temporada do reality ‘Power Couple Brasil’, que estreia amanhã, às 22h30, na Record.

Novidades

Um dos diferenciais dessa edição é a quantidade de casais — 11 agora, na primeira temporada foram oito —, as mais de 30 provas e a exibição em duas vezes na semana (terças e quintas). “Não tenho vontade de entrar no jogo como participante, gosto de apresentar. Mas eu e minha mulher faríamos um bom casal”, aposta Roberto Justus, 61 anos, sobre a companheira, Ana Paula Siebert, de 29. “Somos competitivos e a gente faria um bom papel”, completa.

Elenco

A nova edição do programa contará com os ex-BBBs Andressa Ganacin e Nasser Rodrigues, a ex-panicat Carol Narizinho e o empresário Mateus Boeira, os atores Fábio Villa Verde e Regiane Cesnique, o ator Diego Cristo e a modelo Lorena Bueri, MC Marcelly e o empresário musical Frank.

 

Roberto Justus aprova casais gays nas próximas edições de 'Power Couple Brasil' Edu Moraes / Record TV

Além deles, o humorista Marcelo ‘Iê-Iê’ Zangrandi e a profissional de marketing Julia Zangrandi, a ex-Globeleza Nayara Justino e o empresário Cairo Jardim, o cantor e ex-Polegar Rafael Ilha e a administradora Aline Kezh, os atores Suyane Moreira e Maurício Ribeiro, o cantor Silvinho Blau Blau e a designer de sapatos Ana Paula Pereira, o rapper e apresentador Thaíde e a produtora Ana P.

Alguma vez o programa vai ter casal gay no elenco? “É a primeira vez que ouço falar disso. Vejo com simpatia. Não tem problema. Mas não foi nem tema de conversa. Não tem nenhuma restrição. Casal é casal”, frisa Justus. Segundo ele, o programa está todo gravado e só a final será ao vivo, em junho.

Provas da estreia

Na estreia, as mulheres terão sete minutos para trocar a resistência de um chuveiro, e os homens precisarão encontrar objetos que normalmente estão na bolsa de suas mulheres no meio de tantas outras coisas dentro de um carro girando. Com a atração toda pronta, o medo de vazar os nomes dos finalistas (“Estamos levando um número de finalistas maior do que na edição anterior”, diz Justus) não é um problema aos olhos do apresentador. “A curtição não é só saber o finalista, mas como chegou lá. Como tudo acontece, as provas são criativas, é uma agitação só”, explica Justus.

Conhecido por seu lado empresarial, o apresentador explica que, quando está gravando seus programas — ele também comanda ‘A Fazenda’ —, só quer saber de TV. “Estou dando prioridade à carreira de artista, vendi minhas empresas. Sou chairman do grupo, a convite dos sócios. É uma agenda mais tranquila. Quando estou gravando estou gravando. Não tenho envolvimento nenhum no dia a dia das companhias. Sou tipo a rainha da Inglaterra”, brinca.

Formato do programa

O formato do programa é bem simples. Casais ficam reclusos em uma mansão na capital paulista e lá são testados em conhecimentos acerca de seus respectivos parceiros nas mais variadas provas, além de terem que conviver juntos com outros casais.

Cada quarto do casarão representa uma posição classificatória. Por exemplo, o casal com menos pontuação ficará no quarto perrengue — na edição anterior se chamava porão —, que será ainda menos confortável do que era antes. Justus entrega o caminho para evitar esse quarto.

“Tem que prestar atenção, tem que saber apostar, não pode correr risco de ir para a DR (no programa, DR significa Direto para Rua, um tipo de paredão). Lá, eles ficam nas mãos de outros casais, que os salvam ou os mandam para a rua. É preciso saber apostar, ter dinheiro. As vantagens são inúmeras. Na primeira etapa, a preocupação é vencer para estar na frente. No final do programa, o comportamento é que vai contar para o público escolher o casal vencedor”, explica o apresentador.

Quando perguntado se o programa pode ser uma faca de dois gumes e evidenciar fraquezas dos casais — os ex-participantes Gian e Tati se separaram este ano, após 11 anos de casados —, Justus se mostra surpreso com a notícia do término do relacionamento. “Realmente, eu não sabia que eles tinham se separado. No programa, todos os casais descobrem qualidades e se unem para fazer coisas juntos, que nem imaginavam que fariam, e se fortalecem. Ficam sem filhos durante vários meses. Se aconteceu alguma coisa é porque estava frágil”, observa.

 

 

 

http://odia.ig.com.br/diversao/2017-04-17/roberto-justus-aprova-casais-gays-nas-proximas-edicoes-de-power-couple-brasil.html

 

 

 

 

Comente esta matéria
Título: Roberto Justus aprova casais gays nas próximas edições de 'Power Couple Brasil'
Seu nome:
Seu Estado:
Seu e-mail:
Comentário:
Segurança: Confirme o código:
OBS.: Nos reservamos o direito de deletar toda e qualquer mensagem contendo palavões, baixarias ou até mesmo termos homofóbicos. Favor respeitar as devidas fontes de cada matéria.
Comentários
Não há comentários.