Sábado, 23 de Setembro de 2017
Adicionar a Favoritos RSS Facebook Linkedin Twitter Wordpress
   
Selecione abaixo:



Anuncie AQUI
Celebridades GLBT
ClicRN
Estadão
Folha on Line
Istoé
Jornal da Paraíba
Paradas gays - News
Portal de Picos
Portal Terra
Saúde
Ultimas Notícias
Outras notícias
Para psicólogos com ação na Justiça, homossexualidade é adquirida
Concurso irá eleger os gays mais bonitos de MS neste sábado
Pabllo Vittar comenta "cura gay" e show com Fergie: "Não me sinto doente"
Funchal Pride chega à Madeira a 7 de outubro
OAB vai ajudar Conselho de Psicologia em recurso contra 'cura gay'

Casal gay é ameaçado em panfletos homofóbicos

17/04/2017:

 

Jornalista e servidor público foram surpreendidos com papéis jogados na rua para a qual eles vão mudar em breve, no bairro curitibano do Água Verde. 'Em breve, sua rua será mais alegre', dizia o recado.

 

Panfletos homofóbicos foram distribuídos na rua em que o jornalista João Pedro Schonarth está construindo uma casa para viver com o marido, o servidor público Bruno Banzato, em Curitiba.

 

"Em breve, sua rua será mais 'alegre'", começa o texto impresso nos papéis. E prossegue: "todos os dias nos passeios matinais ou dos finais de tardes terá a visão para inspirar e influenciar toda a vizinhança: você, seus filhos, seus netos e amigos".

O casal registrou boletim de ocorrência na Delegacia de Vulneráveis, nesta quinta-feira (13), para apurar quem foi o autor das mensagens.

Os folhetos têm fotos de casais homossexuais aleatórios, com os dizeres: "se fazem isso em público, imaginem o que fazem quando estão a sós ou com amigos mais próximos ou com as pessoas próximas a você", e indicam o endereço do casal classificado por quem escreveu como "o endereço da baixaria".

O jornalista diz que ficou sabendo das ofensas por meio dos funcionários que trabalham na obra. "Eu tinha entrado na casa, para ver como estava o andamento da obra, e o Bruno me mandou um WhatsApp com a foto do planfleto. Eu sentei no chão e chorei, não tinha força nas pernas, me senti violentado", relembra.

Ele conta que ele e o marido, com quem é casado há 7 anos, se mudariam no sábado (15) para o novo lar. Mas, além dos folhetos distribuídos, eles também sofreram o que chama de "sabotagem", o que adiou a ida à nova casa.

"Colocaram uma mangueira na tubulação do ar condicionado e jogaram água. Inundou tudo. A gente ficou muito assustado, chamou a construtora, e eles disseram que não era um vazamento comum. Perdemos boa parte do piso, que é madeira. Claramente, era outra tentativa de intimidação", conta Schonarth.

O casal diz que os ataques não vão fazer com que eles deixem de se mudar para o novo lar, onde querem morar com um filho, que está em processo de adoção.

 

 

 

Comente esta matéria
Título: Casal gay é ameaçado em panfletos homofóbicos
Seu nome:
Seu Estado:
Seu e-mail:
Comentário:
Segurança: Confirme o código:
OBS.: Nos reservamos o direito de deletar toda e qualquer mensagem contendo palavões, baixarias ou até mesmo termos homofóbicos. Favor respeitar as devidas fontes de cada matéria.
Comentários
Não há comentários.