Segunda-feira, 29 de Maio de 2017
Adicionar a Favoritos RSS Facebook Linkedin Twitter Wordpress
   
Selecione abaixo:



Anuncie AQUI
Celebridades GLBT
ClicRN
Estadão
Folha on Line
Istoé
Jornal da Paraíba
Paradas gays - News
Portal de Picos
Portal Terra
Saúde
Ultimas Notícias
Outras notícias
Mercado corporativo e de lazer LGBT
Políticos assumidamente homossexuais
Vila Real abre portas à 1a Marcha LGBT
Ensaio fictício mostra a vida de mulheres em clínicas de "cura gay"
O casamento gay já é realidade em Taiwan

Autoridades russas investigam alegados sequestros de homossexuais na Chechênia

17/04/2017:

 

As autoridades russas estão verificando a informação de um jornal que publicou uma matéria sobre ataques contra homossexuais na Chechênia.

A Procuradoria-Geral russa, a Procuradoria e o Ministério do Interior da Chechênia participam das investigações, segundo comunicou a comissária para os direitos humanos da Federação Russa, Tatiana Moskalkova.

 

"Vou enviar um pedido para o procurador da República, já enviei o outro hoje para a Procuradoria-Geral para perceber se houve casos de sequestros na Chechênia. Isso está sendo objeto de uma investigação aprofundada", acrescentou Moskalkova. 

O jornal russo Novaya Gazeta escreveu recentemente que mais de uma centena de homossexuais teriam sido presos ou sequestrados na Chechênia e que alguns deles ainda teriam sido mortos. Entretanto, o jornal não apresentou quaisquer datas ou nomes das pessoas envolvidas. O porta-voz do presidente da Chechênia, Alvi Kerimov, qualificou estas informações como enganosas.

Segundo Moskalkova, o ministro checheno do Interior "não recebeu qualquer queixa de sequestro no período de 1 de janeiro a 1 de abril". A comissária russa quer contatar o líder de uma ONG citada pelo jornal para verificar as fontes da informação e obter os nomes das vítimas. 

 

O porta-voz do presidente russo Dmitry Peskov por sua parte anunciou que o Kremlin estava ao corrente deste caso e que os órgãos judiciais iriam verificar a informação sobre os alegados ataques contra os homossexuais na Chechênia. 

O Conselho para o Desenvolvimento da Sociedade Civil e os Direitos Humanos junto do presidente da Chechênia tinha anteriormente indicado que não ter encontrado quaisquer provas de ataques contra os homossexuais na república. Na sua declaração, o Conselho indicou que a Chechênia aprecia a vida humana "independentemente das filiações de raça, etnia, religião ou outras da pessoa".

 

O Conselho da Europa tinha já saudado os esforços de Tatiana Moskalkova e a sua intenção de fazer a luz sobre os supostos ataques contra os homossexuais na Chechênia, comunicou à Sputnik o porta-voz do secretário-geral do Conselho da Europa. 

 

 

https://br.sputniknews.com/sociedade/201704148149815-autoridades-russas-investigam-alegados-sequestros-de-homossexuais-na-chechenia/

 

 

 

 

Comente esta matéria
Título: Autoridades russas investigam alegados sequestros de homossexuais na Chechênia
Seu nome:
Seu Estado:
Seu e-mail:
Comentário:
Segurança: Confirme o código:
OBS.: Nos reservamos o direito de deletar toda e qualquer mensagem contendo palavões, baixarias ou até mesmo termos homofóbicos. Favor respeitar as devidas fontes de cada matéria.
Comentários
Não há comentários.