Sábado, 19 de Agosto de 2017
Adicionar a Favoritos RSS Facebook Linkedin Twitter Wordpress
   
Selecione abaixo:



Anuncie AQUI
Celebridades GLBT
ClicRN
Estadão
Folha on Line
Istoé
Jornal da Paraíba
Paradas gays - News
Portal de Picos
Portal Terra
Saúde
Ultimas Notícias
Outras notícias
Ator de Modern Family vive romance gay em clipe
Conheça Kami Sid, a primeira modelo trans do Paquistão
Família LGBT negra estrela a coleção da Acne Studios
Flávia Alessandra entrega situação inusitada com filha: 'Acharam que era casal'
Orgulho em São Petersburgo marcado por detenções

Katy Perry admite que, na adolescência, rezou por sua “cura gay”

20/03/2017:

 

Em discurso durante festa de gala em Los Angeles, a cantora revelou seus dilemas da época em que era cantora gospel

 

Por Redação Veja São Paulo

 

Kate Perry: culpa por "lado gay" durante a adolescência

 

Famosa pelo hit I Kissed A Girl (ou Eu Beijei Uma Garota), a cantora Katy Perry revelou durante discurso no National Equality Award at the Human Rights Campaign Gala, em Los Angeles, que fez muito mais do que apenas beijar uma garota em sua juventude.

“Eu conto minhas verdades e desenho minhas fantasias nas minhas músicas. Por exemplo, ‘Eu beijei uma garota e gostei’. Verdade seja dita, eu fiz bem mais do que isso.”

Segundo ela, a experiência aconteceu quando participava de um grupo gospel, na adolescência. “Como eu iria conciliar minha religiosidade com minha vivência? Só sentia que era curiosa e percebia que minha sexualidade não era preta e branca, como este vestido”, declarou ela, se referindo ao traje que usava.

“Honestamente, eu não entendia direito, mas em 2008 lancei a música e percebi que muita gente em todo o mundo sentia o mesmo”, completou.

Katy revelou que passou muito tempo da adolescência rezando para “Jesus manter afastado seu lado gay”. As coisas se definiram e melhoraram, de acordo com ela, quando ingressou no mundo da música pop.

“Eu encontrei meu dom e meu dom me apresentou a pessoas fora da minha bolha. E minha bolha explodiu”, disse a estrela. “Essas pessoas disseram que eu não tinha nada a temer. Elas me fizeram mais livre e mais forte”, concluiu.

 

 

http://vejasp.abril.com.br/blog/pop/katy-perry-admite-que-na-adolescencia-rezou-por-sua-cura-gay/

 

 

 

Comente esta matéria
Título: Katy Perry admite que, na adolescência, rezou por sua “cura gay”
Seu nome:
Seu Estado:
Seu e-mail:
Comentário:
Segurança: Confirme o código:
OBS.: Nos reservamos o direito de deletar toda e qualquer mensagem contendo palavões, baixarias ou até mesmo termos homofóbicos. Favor respeitar as devidas fontes de cada matéria.
Comentários
Não há comentários.