Segunda-feira, 20 de Novembro de 2017
Adicionar a Favoritos RSS Facebook Linkedin Twitter Wordpress
   
Selecione abaixo:



Anuncie AQUI
Celebridades GLBT
ClicRN
Estadão
Folha on Line
Istoé
Jornal da Paraíba
Paradas gays - News
Portal de Picos
Portal Terra
Saúde
Ultimas Notícias
Outras notícias
STF vota fim da proibição de doação de sangue por homossexuais
Jovem é agredido e ameaçado de morte, em festa, por ser homossexual
Dragon Ball Super: Elenco fala sobre possibilidade de Whis e Bills serem gays
Doação de sangue e o Supremo: saúde e igualdade
Frota perde ação, diz que juiz é do movimento gay e “julgou com a bunda”

Igreja evangélica realizará casamentos gay a partir de 1º de julho

11/04/2016:


Jorge Gauthier
 

A igreja evangélica de Berlim, Brandemburgo e Oberlausitz, no leste da Alemanha, realizará a partir de 1º de julho casamento entre pessoas do mesmo sexo. O conselho desta igreja, reunido em Berlim ontem, deu sinal verde ao casamento homossexual por 91 votos favor e 10 contra, e se transformou na terceira igreja protestante regional que o permite na Alemanha o casamento gay.

Hoje as igrejas das regiões de Hessen-Nassau e Rheinland já realizam o matrimônio religioso. Desde 2002 a igreja evangélica de Berlim, Brandemburgo e Oberlausitz, que tem cerca de um milhão de fiéis, oferecia um ofício religioso para abençoar estas uniões, mas diferenciado do casamento. Esse ofício dava direito a uma cerimônia com troca de alianças.

Durante um período de transição, segundo jornais alemães, que irá durar cinco anos os pastores poderão se recusar a oficiar casamentos homossexuais por motivos de consciência.

Quanta diferença para o  Brasil, né?

 

Comente esta matéria
Título: Igreja evangélica realizará casamentos gay a partir de 1º de julho
Seu nome:
Seu Estado:
Seu e-mail:
Comentário:
Segurança: Confirme o código:
OBS.: Nos reservamos o direito de deletar toda e qualquer mensagem contendo palavões, baixarias ou até mesmo termos homofóbicos. Favor respeitar as devidas fontes de cada matéria.
Comentários
Não há comentários.