Segunda-feira, 18 de Fevereiro de 2019
Adicionar a Favoritos RSS Facebook Linkedin Twitter Wordpress
   
Selecione abaixo:



Anuncie AQUI
Celebridades GLBT
ClicRN
Estadão
Folha on Line
Istoé
Jornal da Paraíba
Paradas gays - News
Portal de Picos
Portal Terra
Saúde
Ultimas Notícias
Outras notícias
STF vota fim da proibição de doação de sangue por homossexuais
Jovem é agredido e ameaçado de morte, em festa, por ser homossexual
Dragon Ball Super: Elenco fala sobre possibilidade de Whis e Bills serem gays
Doação de sangue e o Supremo: saúde e igualdade
Frota perde ação, diz que juiz é do movimento gay e “julgou com a bunda”

Texas expede primeira certidão de casamento a um casal homossexual

20/02/2015:

 

Austin (EUA.) (EFE).- Duas mulheres de Austin se transformaram nesta quinta-feira no primeiro casal homossexual legalmente casado na história no Texas, depois de um juiz determinar na última terça-feira como inconstitucional a proibição desse tipo de união no estado. Sarah Goodfriend e Suzanne Bryant, juntas há mais de 30 anos, formalizaram o vínculo em um escritório do condado de Travis, cuja capital é Austin, depois da autorização concedida por um juiz na manhã de hoje, segundo notificou a secretária do condado, Dana DeBeauvoir. Em comunicado, Dana informou que a ordem expedida hoje pelo juiz estadual David Wahlberg só afeta o casamento entre Sarah e Suzzane.

 

Por isso, "certidões futuras para casais do mesmo sexo também devem ser autorizados judicialmente". A autorização expedida por Wahlberg pode ter caráter excepcional, já que se trata de uma medida de urgência frente ao frágil estado de saúde de Sarah, que sofre de um câncer no ovário. Segundo o jornal local "Austin-American Statesman", amigos e familiares do casal participaram de uma modesta cerimônia nas repartições públicas, incluindo as duas filhas adolescentes do casal, Dawn e Ting. "Minha pequena estava preocupada em faltar sua aula de História. Disse a ela que nós estamos fazendo história", afirmou Suzzane antes do casamento. Na última terça-feira, o juiz do condado de Travis Guy Herman decidiu que "restringir o casamento no Texas à união entre um homem e uma mulher, e proibir a criação ou o reconhecimento da união de casais do mesmo sexo é inconstitucional", por causa de uma disputa judicial em um testamento.

 

A decisão ocorreu após Sonemaly Phrasavath pedir o reconhecimento de sua relação de oito anos com Stella Powell, morta em 2014, como um casamento. Ela disputava com os filhos de Stella a posse de um apartamento deixado como herança. O procurador-geral do Texas, o conservador Ken Paxton, reagiu à decisão ontem, solicitando ao Tribunal Supremo do Texas que "anule essa sentença errada do juiz". Em 2005, 76,25% dos texanos votaram contra o casamento igualitário em um referendo. A união homossexual foi aprovada por 23,75% dos eleitores. Curiosamente, o condado de Travis foi o único dos 254 que integram o estado eminentemente conservador que se mostrou propício ao casamento homossexual.

 

Até então, o casamento entre pessoas do mesmo sexo era considerado legal em 38 dos 50 estados americanos. O Texas era o maior entre os 12 que a união igualitária seguia proibida. A Corte Suprema de Justiça dos Estados Unidos deve decidir ao longo deste ano sobre a legalidade desse tipo de união em todo o país. EFE at/lvl 

 

Fonte: http://noticias.r7.com

Comente esta matéria
Título: Texas expede primeira certidão de casamento a um casal homossexual
Seu nome:
Seu Estado:
Seu e-mail:
Comentário:
Segurança: Confirme o código:
OBS.: Nos reservamos o direito de deletar toda e qualquer mensagem contendo palavões, baixarias ou até mesmo termos homofóbicos. Favor respeitar as devidas fontes de cada matéria.
Comentários
Não há comentários.