S�bado, 20 de Abril de 2019
Adicionar a Favoritos RSS Facebook Linkedin Twitter Wordpress
   
Selecione abaixo:



Anuncie AQUI
Celebridades GLBT
ClicRN
Estadão
Folha on Line
Istoé
Jornal da Paraíba
Paradas gays - News
Portal de Picos
Portal Terra
Saúde
Ultimas Notícias
Outras notícias
STF vota fim da proibição de doação de sangue por homossexuais
Jovem é agredido e ameaçado de morte, em festa, por ser homossexual
Dragon Ball Super: Elenco fala sobre possibilidade de Whis e Bills serem gays
Doação de sangue e o Supremo: saúde e igualdade
Frota perde ação, diz que juiz é do movimento gay e “julgou com a bunda”

Remake de O Rebu pode trocar dupla gay por insinuação lésbica

26/05/2014:

Os personagens de Ziembinski e Buza Ferraz na novela original serão vividos por Patrícia Pillar e Sophie Charlotte

 

 Fonte: TV Globo / Divulgação

 

Patrícia Pillar e Sophie Charlotte: mãe e filha e, talvez, casal lésbico em O Rebu?

 

O já tradicional remake anual da Globo para o horário das 23h começou a ser gravado em Buenos Aires, segundo o jornal Extra. As gravações de O Rebu estão acontecendo no Palácio Sans Souci, local imponente com arquitetura inspirada no francês Palácio de Versalhes. E em meio a tanto luxo e glamour, já vieram à tona algumas diferenças em relação à novela original, exibida pela Globo às 22h entre novembro de 1974 e abril de 1975.

 

A principal delas é a alteração do sexo dos dois personagens centrais. Em 1974, o milionário Conrad Mahler, anfitrião da festa onde se passa a trama, foi vivido pelo ator polonês Ziembinski, que tinha 66 anos na época. Conrad tinha um "protegido", o garotão Cauê, vivido por Buza Ferraz, que contava 24 anos.

 

E havia um caso velado entre os dois: Cauê morava na mansão de Conrad e era sustentado por ele. O ricaço tinha uma paixão obssessiva pelo rapaz, e por ciúmes matou a ex-namorada de Cauê, Sílvia (vivida por Bete Mendes). Essa era a espinha dorsal da novela: quem morreu e quem matou durante a tal festa de gala?

 

Na versão 2014, Conrad virou Ângela Mahler, vivida por Patrícia Pillar, 50 anos. E Cauê virou a garota Duda (Sophie Charlotte, 25 anos). Na trama atual, Duda é filha adotiva de Ângela. Não foi divulgado se haverá um caso entre mãe e filha, e nem se haverá a personagem Sílvia nesta versão - ou uma variação masculina de Sílvia.

 

Portanto, tudo indica que a trama básica da novela será alterada, mudando a identidade da vítima e do assassino, assim como o motivo do crime. Mas uma informação já foi divulgada: a identidade do morto será conhecida logo no início, ao contrário da versão original - onde somente no capítulo 50 o público descobria que o "morto" era Sílvia.

 

Enfim, resta esperar para conferir. O Rebu 2014 estreia no dia 14 de julho, exatamente um dia depois da final da Copa do Mundo.

 

 

Fonte: http://virgula.uol.com.br

Comente esta matéria
Título: Remake de O Rebu pode trocar dupla gay por insinuação lésbica
Seu nome:
Seu Estado:
Seu e-mail:
Comentário:
Segurança: Confirme o código:
OBS.: Nos reservamos o direito de deletar toda e qualquer mensagem contendo palavões, baixarias ou até mesmo termos homofóbicos. Favor respeitar as devidas fontes de cada matéria.
Comentários
Não há comentários.