Quinta-feira, 25 de Abril de 2019
Adicionar a Favoritos RSS Facebook Linkedin Twitter Wordpress
   
Selecione abaixo:



Anuncie AQUI
Celebridades GLBT
ClicRN
Estadão
Folha on Line
Istoé
Jornal da Paraíba
Paradas gays - News
Portal de Picos
Portal Terra
Saúde
Ultimas Notícias
Outras notícias
STF vota fim da proibição de doação de sangue por homossexuais
Jovem é agredido e ameaçado de morte, em festa, por ser homossexual
Dragon Ball Super: Elenco fala sobre possibilidade de Whis e Bills serem gays
Doação de sangue e o Supremo: saúde e igualdade
Frota perde ação, diz que juiz é do movimento gay e “julgou com a bunda”

Militar lésbica ganha ação contra sargento homofóbico

18/01/2008:

 

Inglaterra) A militar lésbica Lance Bombardier Kerry, de 31 anos, ganhou a ação que tinha movido contra um sargento que a humilhou
e a discriminou por causa da sua orientação sexual. Ela contou no tribunal que era sempre assediada pelo militar que prometia "curar sua homossexualidade."

Lance contou ainda que era sempre perseguida por conta da sua sexualidade. Ela informou que as humilhações aconteciam dentro do centro do Exército que fica em North Yorkshire, ao norte da Inglaterra.

A militar acusou o sargento e um colega dele de tentarem "destruir" a carreira dela por causa que ela rejeitava as investidas dele. Lance informou ainda ao tribunal que acabou sofrendo de stress depois de uma carreira de 10 anos no exército.

A justiça constatou que o sargente dizia em público, quando da formação da tropa que ia curar a homossexualidade de Lance. "Olha aqui, eu estou pronto para converter você" dizia ele. Mesmo com todas as evidências contra ele, o militar negou as acusações no tribunal e afirmou ser inocente.

O exército abriu um inquérito contra o sargente e aplicou um "manifesto de desagrado grave" após tomada a decisão de puni-lo. Por outro lado, ele não será rebaixado.

da Redação do Toda Forma de Amor com informações da BBC

 

Comente esta matéria
Título: Militar lésbica ganha ação contra sargento homofóbico
Seu nome:
Seu Estado:
Seu e-mail:
Comentário:
Segurança: Confirme o código:
OBS.: Nos reservamos o direito de deletar toda e qualquer mensagem contendo palavões, baixarias ou até mesmo termos homofóbicos. Favor respeitar as devidas fontes de cada matéria.
Comentários
Não há comentários.