S�bado, 23 de Fevereiro de 2019
Adicionar a Favoritos RSS Facebook Linkedin Twitter Wordpress
   
Selecione abaixo:



Anuncie AQUI
Celebridades GLBT
ClicRN
Estadão
Folha on Line
Istoé
Jornal da Paraíba
Paradas gays - News
Portal de Picos
Portal Terra
Saúde
Ultimas Notícias
Outras notícias
STF vota fim da proibição de doação de sangue por homossexuais
Jovem é agredido e ameaçado de morte, em festa, por ser homossexual
Dragon Ball Super: Elenco fala sobre possibilidade de Whis e Bills serem gays
Doação de sangue e o Supremo: saúde e igualdade
Frota perde ação, diz que juiz é do movimento gay e “julgou com a bunda”

Marroquinos condenados por homossexualidade

17/01/2008: Amnistia Internacional pede libertação dos detidos e eliminação da lei que criminaliza esta orientação sexual

 

A Amnistia Internacional (AI) pediu esta quarta-feira às autoridades marroquinas que libertem seis condenados por homossexualidade e que eliminem a lei que criminaliza esta orientação sexual, noticia a agência Lusa.

Num comunicado a partir de Londres, a organização de defesa dos direitos humanos lamentou a ratificação feita pelo Tribunal de Apelação marroquino na passada terça feira que condenou essas seis pessoas.

Qualquer pessoa que seja presa pela sua orientação sexual é «um prisioneiro de consciência» e deve ser libertado «imediatamente e incondicionalmente», defende a AI no seu comunicado.

Os seis acusados foram condenados a uma pena de prisão que pode ir de quatro a seis meses de prisão por «praticar homossexualidade» num julgamento realizado no dia 10 de Dezembro na cidade de Ksar El Kebir.

Esta polémica foi originada por um vídeo difundido na Internet em que se mostrava uma festa que foi descrita como sendo «um casamento gay», ainda que nas imagens, segundo a AI, não estavam explicitas relações homossexuais.

Portugal Diário

 

Comente esta matéria
Título: Marroquinos condenados por homossexualidade
Seu nome:
Seu Estado:
Seu e-mail:
Comentário:
Segurança: Confirme o código:
OBS.: Nos reservamos o direito de deletar toda e qualquer mensagem contendo palavões, baixarias ou até mesmo termos homofóbicos. Favor respeitar as devidas fontes de cada matéria.
Comentários
Não há comentários.