Segunda-feira, 22 de Abril de 2019
Adicionar a Favoritos RSS Facebook Linkedin Twitter Wordpress
   
Selecione abaixo:



Anuncie AQUI
Celebridades GLBT
ClicRN
Estadão
Folha on Line
Istoé
Jornal da Paraíba
Paradas gays - News
Portal de Picos
Portal Terra
Saúde
Ultimas Notícias
Outras notícias
STF vota fim da proibição de doação de sangue por homossexuais
Jovem é agredido e ameaçado de morte, em festa, por ser homossexual
Dragon Ball Super: Elenco fala sobre possibilidade de Whis e Bills serem gays
Doação de sangue e o Supremo: saúde e igualdade
Frota perde ação, diz que juiz é do movimento gay e “julgou com a bunda”

Fafá de Belém abre parada gay com hino dos anos 80

26/05/2005: da Folha Online

Mais um ícone dos anos 80, a cantora Fafá de Belém, 48, confirmou presença na 9ª Parada do Orgulho GLBT (Gays, Lésbicas, Bissexuais e Trangêneros), marcada para domingo na avenida Paulista, em São Paulo. Ela engrossa o time de ídolos dos anos 80 que vão se apresentar no evento, como Gretchen e Sidney Magal --este último estará apenas da festa oficial de abertura, na quinta-feira.

Segundo Pedro Almeida, assessor da ONG que organiza a parada, Fafá vai cantar o hino nacional no palco e, em seguida, ajudar na contagem regressiva para a abertura da festa. Neste ano, o evento espera ampliar o recorde de público de 1,5 milhão (2004) para 2 milhões de participantes.

Também devem participar da parada personalidades como o prefeito da cidade, José Serra (PSDB), a ex-prefeita Marta Suplicy (PT), o ator Bruno Gagliasso, que interpreta um homossexual na novela "América", e o vencedor da última edição do "Big Brother", Jean Wyllis.

"Assim com Fafá, há 20 anos, pedia democracia para o Brasil nas Diretas Já, hoje ela pede democracia para os gays", diz Almeida. O lema da parada gay deste ano é "Parceria Civil Já! Direitos iguais: nem mais, nem menos".

 

Fonte: Radar

Comente esta matéria
Título: Fafá de Belém abre parada gay com hino dos anos 80
Seu nome:
Seu Estado:
Seu e-mail:
Comentário:
Segurança: Confirme o código:
OBS.: Nos reservamos o direito de deletar toda e qualquer mensagem contendo palavões, baixarias ou até mesmo termos homofóbicos. Favor respeitar as devidas fontes de cada matéria.
Comentários
Não há comentários.