MÚSICA IRLANDESA SOBRE AMOR GAY GERA CONTROVÉRSIA

0

«Quero que as pessoas vejam que o amor gay é apenas amor», explica o interprete da música, Ryan O’ Shaughnessy, que levou a Irlanda até à final do festival.

No videoclipe, e também na atuação de «Together», dois homens dançam de mãos dadas. Estão sorridentes, trocam olhares apaixonados. A atuação ao vivo da música irlandesa, que se qualificou para final da Eurovisão, gerou controvérsia e até chegou mesmo a falar-se que não seria transmitida na Rússia, país que reprime os direitos da comunidade LGBT.

Leia também: «Saiba quem são os primeiros 10 finalistas da Eurovisão!»
Na conferência de imprensa dos 10 qualificados da primeira semifinal, Ryan O’ Shaughnessy, o cantor irlandês, explicou que a mensagem da sua música é sobre o amor, seja ele gay ou heterossexual.

Veja o vídeo

«Não quero inspirar as pessoas a cantar sobre amor gay ou hetero. Quero apenas que as pessoas vejam que esse amor é apenas amor», explicou o irlandês de 25 anos, elogiando ainda o espírito de liberdade que existe entre a comunidade eurovisiva: «Nem toda a gente é tão liberal como as pessoas que estão nesta sala».

A Irlanda, país profundamente católico onde o aborto é ilegal, aprovou por referendo o casamento entre pessoas do mesmo sexo em 2015. Um caminho ainda por percorrer em países que participam na Eurovisão, como a Polónia, a Grécia, a Letónia e a Lituânia. O cantor irlandês disse que espera que a sua atuação sirva para incentivar a discussão em torno da legalização do casamento gay. «estamos a trazer essa energia para este tópico», disse Ryan.

Percorra a galeria e veja a alegria dos 10 finalistas!

 

 

Leia mais em: http://www.vip.pt/eurovisao-2018-musica-irlandesa-sobre-amor-gay-gera-controversia

Compartilhar.

Sobre o Autor

Comments are closed.