Museu da Imagem e do Som promove exposição LGBT

0

Thaís Fávaro

O Museu da Imagem e do Som (MISC) realiza nesta sexta-feira (28) a exposição “Viver é uma ato político: Nossa Arte, Nossa Voz!”. O evento será as 19h e faz parte da programação da 16ª Parada da Diversidade de Cuiabá (realizada no último sábado, 22) O objetivo é expor talentos e mostrar a sociedade a arte produzida pela comunidade LGBT Mato-grossense. A visitação é gratuita e, estará disponível até 28 de outubro.

Ao todo 28 artistas irão expor a sua arte que tem obras contemporâneas das expressões mais variadas, que incluem artes plásticas, esculturas, fotografias, literatura, música, audiovisual, moda, entre outras do universo LGBT (Lésbicas, gays, bissexuais e transexuais)

O objetivo da exposição é expor os talentos e mostrar a sociedade a arte produzida pela comunidade LGBT Mato-grossense. E ainda, libertar os preconceitos, tabus, traumas, discriminação ou bulling destes artistas em todas as fases da vida. Revelando artistas respeitados e respeitadas da sociedade. A visitação é gratuita e, estará disponível até 28 de outubro.

A exposição faz parte da programação da 16ª parada da Diversidade de Cuiabá, realizada no último sábado (22). E, chega com o A mostra está sob curadoria do professor e artista visual Rodolfo Carli de Almeida e traz nomes como Marilia Beatriz, Luiz Machetti, Charles Pitter, Daniel Yonekubo, Diego Baraldi, Dizão, Eduardo Geraldis, Einstein Halking, Elza Di Brasil, Felippy Damian, Gonçalo Arruda, Hendson Santana, Hugo Alberto, Juliana Curvo, Kyanaju, Laila Dutra, Lucas Roester, Luisa Lamar, Marcus Vaz, Paulo Sesar Pimentel, Pedro Brites, Rafael Irineu, Robson Lelis, Ronei Ferraz, Sandro Lucose, Sarah Mitch, Sergio Venny Télio Fernandes e Vagner Braz.

“Nesta exposição, não existem armários fechados. Não existe dúvida. Não há espaço para proibir qualquer expressão da alma humana. Há liberdade total para criar, fluir e viver a diferença que faz de nós o que somos ou o que podemos ser – de melhor. Com a função de promover e dar ainda mais a visibilidade a esta comunidade múltipla e, tantas vezes marginalizada. Além promover o movimento artístico, tem a função de fortalecer a luta contra a homofobia, a transfobia, a lesbofobia, enfim, contra todos os preconceitos e discriminações, valendo-se, para isto, do que temos de melhor e que nos une as mais variadas expressões e impressões da alma”, disse o curador.

Prepare-se para absorver experiências e sentimentos diversos, nesta primeira mostra onde artistas são reunidos para apresentarem sua arte com a temática da diversidade, em Mato Grosso. Os visitantes terão 30 dias para conhecer essas obras.

SERVIÇO
Exposição de Arte da Diversidade de MT – Viver é um ato político: Nossa Arte, Nossa Voz!
Local: Museu da Imagem e do Som – Misc – R. Voluntários da Pátria, 79 – Centro
Data: Abertura 28 de setembro – 19h
Visitação até 28/10 de segunda a sexta, das 8h às 18h. Sábado, das 9h às 17h
Entrada gratuita!

 

http://www.olhardireto.com.br/conceito/noticias/exibir.asp?id=16192

Compartilhar.

Sobre o Autor

Comments are closed.