Mulheres lésbicas são mais realizadas sexualmente do que as heterossexuais

0

A jornalista Hannah Jane Parkinson analisou uma série de estudos internacionais e ficou sem dúvidas. “Registam níveis de satisfação sexual maiores”, assegura, depois de comparar os números e as percentagens que muitos investigadores avançam.

As mulheres lésbicas são mais realizadas sexualmente do que as heterossexuais? “Sim”, garante Hannah Jane Parkinson. Nas últimas semanas, a jornalista do The Guardian analisou uma série de relatórios internacionais e ficou sem qualquer dúvida. “As mulheres que dormem com mulheres registam, de forma contínua, em estudos e inquéritos, níveis de satisfação superiores do que as que têm sexo com homens”, assegura.

De acordo com uma análise divulgada pela publicação especializada The Journal of Sexual Medicine, que Hannah Jane Parkinson cita no artigo que publicou hoje, 75% das mulheres lésbicas atinge o orgasmo durante o sexo. Nas heterossexuais, a percentagem não vai além dos 61%. Uma tendência que, no entanto, não se regista nos homens. O mesmo estudo apurou que 85% dos gays ejacula no fim da relação.

Nos caso dos homens heterossexuais, a percentagem sobe para os 86%. Numa outra investigação, levada a cabo por cientistas do Kinsey Institute, nos EUA, as conclusões apontam no mesmo sentido. Depois de inquirir 53.000 pessoas, concluíram que 86% das lésbicas atinge regularmente o orgasmo. No caso das mulheres heterossexuais, a percentagem não vai além dos 65%, garantem os especialistas norte-americanos.

“As mulheres homossexuais sabem onde é que o seu clitóris está localizado e sabem o que fazer com ele para atingirem o orgasmo. Não precisam de mostrar à sua parceira lésbica como devem proceder, o que faz com que a sua satisfação sexual seja maior”, defendeu publicamente Matty Silver, uma conceituada terapeuta australiana especializada em saúde sexual que Hannah Jane Parkinson cita no seu artigo.

“Muitos homens julgam que podem proporcionar um orgasmo às mulheres apenas pelo coito. Isso só funciona para 20%”, garante a especialista. “Elas, muitas das vezes, necessitam de estimulação clitoriana ou de sexo oral para que isso aconteça. Essa é uma das razões que leva muitas mulheres heterossexuais a fingir o orgasmo”, acrescenta Matty Silver, que é mais procurada por heterossexuais do que por casais lésbicos.

https://lifestyle.sapo.pt/amor-e-sexo/noticias-amor-e-sexo/artigos/mulheres-lesbicas-sao-mais-realizadas-sexualmente-do-que-as-heterossexuais
Compartilhar.

Sobre o Autor

Comments are closed.