LGBTIs parabenizam a Costa Rica pelo resultado da eleição

0

A Associação Nacional LGBTI congratulou na segunda-feira (2) a Costa Rica pelo resultado das eleições encerradas no domingo (1), em que Carlos Alvarado, candidato governista e de esquerda do Partido Ação Cidadã (PAC), foi eleito presidente do país com 60,66% dos votos.

O jornalista e analista político de centro esquerda Carlos Alvarado venceu o candidato evangélico conservador Fabricio Alvarado Muñoz, do Partido Restauração Nacional (RN), que ficou com 39,33% dos votos. O pleito foi marcado pela polarização, com os dois candidatos representando visões totalmente opostas sobre temas religiosos e de direitos humanos.

Alvarado transmitiu durante a campanha um discurso de respeito aos direitos de todas as pessoas e de formar um governo de unidade para superar problemas como o déficit fiscal, pobreza e infraestrutura. Ele também defendeu uma agenda progressista que que inclui o casamento gay e o Estado laico. Já o derrotado Fabricio Alvarado Muñoz, de 43 anos, concorreu com uma plataforma conservadora, contrária ao casamento entre pessoas do mesmo sexo. Seu partido, o RN, surgiu no meio das igrejas neopentecostais que tiveram um aumento considerável no número de fiéis na Costa Rica nas últimas décadas, segundo o DW.

Para a Associação LGBTI, o resultado foi “uma vitória para a democracia, para a liberdade religiosa e para o Estado laico”. “A corrida presidencial costarriquenha foi marcada pelo debate caloroso acerca da temática do casamento homoafetivo e da falaciosa ‘ideologia de gênero'”, possibilitando, assim, “o avanço de uma onda ultraconservadora”.

Carlos Alvarado, eleito presidente da Costa Rica

“Felizmente, a democracia costarriquenha celebra uma vitória de 60,74% para o PAC contra apenas 39,26% do candidato ultraconservador. Além disso, a eleição contribui com mais um marco histórico: pela primeira vez a Costa Rica terá uma vice-presidenta negra e feminista”, declara a nota, referindo-se a Epsy Campbell, que foi eleita vice-presidente e acompanhará Carlos Alvarado na gestão do Executivo da Costa Rica.

Campbell é economista já ocupou uma cadeira na Assembleia Legislativa como deputada no e tornou-se presidenta da Casa Legislativa em maio de 2014. Além disso, a nota da Associação LGBTI relembra que pela primeira vez na história da Costa Rica foi eleito um deputado assumidamente gay, Enrique Sánchez.

“O ano de 2018 segue com excelentes e esperançosas notícias! Parabenizamos a chapa eleita e desejamos um mandato de grandes avanços para os direitos humanos”. “Que sirva de exemplo para muitos outros países”, finalizou a nota.

http://vermelho.org.br/noticia/309483-1
Compartilhar.

Sobre o Autor

Comments are closed.

Athosgls 21 anos fazendo a diferença na comunidade LGBT Mundial. Marca registrada.