Sábado, 21 de Outubro de 2017
Adicionar a Favoritos RSS Facebook Linkedin Twitter Wordpress
   
Selecione abaixo:



Outras notícias
Me apaixonei pela Monalisa
Não a barreiras para o amor!
O Grande Amor da Minha Vida
Para sempre, é sempre o agora Bem...
Alma gêmea

Me tornei na mulher mais feliz do mundo

15/04/2005: Olá sou a Any tenho 19 anos , vivo em Angola a historia que vou relatar aqui é pura verdade



Segunda-feira 7:23 horas da manhã, estava eu dormindo quando toca meu telefone celular, era minha prima no outro lado da linha a dizer que tinha uma colega que era lésbica e estava a procura de uma namorada.



Meu coração ficou super feliz porque já estava só a muito tempo e andava muito para baixo com essa situação. Minha prima disse para que eu ligasse as 14 horas para falar com ela e desligou,

Voltei a dormir mas com aquela novidade em meus pensamentos.



As 14:00 liguei e uma rapariga que não era minha prima atendeu. Disse chamar-se Ana, deduzi logo que fosse a tal rapariga, perguntei pela minha prima e ela disse-me que a minha prima estava ocupada, perguntei se podíamos conversar um pouco e ela disse que não porque estava ocupada.



Despedi-me dela e desliguei o telefone com tristeza porque enquanto falava com a tal Ana senti o seu tom frio e sarcástico e pensei dentro de mim “ eu sei que ela não vai querer nada comigo”.

Liguei umas horas depois porque eu precisava contar a minha prima como tinha sido a nossa conversa. Quem atendeu o telefone foi nada mais nada menos que ela Ana.



Em tom frio e indiferente pedi para falar com a minha prima, notei que ela ficou triste mas não liguei, contei a minha prima o que tinha acontecido e minha prima explicou que não era aquilo que eu pensei, disse que a Ana estava ocupada mesmo e que não dava para falarmos, e disse também que a Ana tinha dito que ia ligar para mim mais tarde, despedi-me da minha prima bem mais feliz e disse que ia ficar a espera da chamada de Ana e desliguei.



Fiquei super feliz por saber que ela ia ligar mais tarde para mim. Estava tão ansiosa que ate contava as horas. Estava a me preparar para ir ao lanche da minha prima que tinha feito 14 aninhos nesse dia quando ela ligou para mim. Falamos de tudo um pouco disse-me que tinha 17anos, vivia com os pais e irmãos… e passamos a nos conhecer melhor, tive que desligar a chamada porque tinha que ir a casa da minha prima.



Quando chego lá encontro uma chamada dela não atendida e fiquei triste, não passou muito tempo e ela liga de novo, disse que era irresistível ficar sem falar comigo e que eu tinha uma voz muito bonita. A gente ficou falando horas e horas ate que o crédito do telefone dela acabou.



Não feliz ela ligou para mim do telefone da mãe. Eu já estava em casa deitadinha em minha cama e a gente falou ate por volta da 1h da manhã.

No dia seguinte eu liguei para ela e falamos um montão de tempo, eu sentia que me estava apaixonar por ela mesmo sem a conhecer.



Depois de dois dias a nos falarmos por telefone eu pedi ela em namoro e ela aceitou, fiquei muito feliz e marcamos de nos encontrar no dia seguinte.

No dia marcado acordei muito cedo e fui a casa dela bem ansiosa, quando a vi fiquei arrepiada ela era linda, eu sei que ela não ficou muito contente com a minha figura, mas isso eu superava com o tempo.



Resolvemos ir para a minha casa para termos mais privacidade e fomos o caminho todo a conversar, eu perguntei a ela o que ela tinha achado de mim e ela respondeu que não era bem aquilo que imaginava mas dava para ser, eu disse a ela que ela era linda e que adorei lhe conhecer.



Quando chegamos em minha casa fomos para o meu quarto, não tivemos nem tempo de trocar um beijo e apareceu a Lisa uma ex. namorada minha, ficou lá connosco quase o dia todo a fazer ciúmes parvos, a Ana estava super aborrecida e pedia para que eu a mandasse embora, a principio fiquei com um pouco de receio mas depois pedi para que ela fosse embora.



Ela despediu-se de nós um pouco ofendida e foi-se embora, eu nem queria acreditar estávamos sozinhas novamente em meu quarto e eu sem coragem para a beijar, falamos algumas palavrinhas e pedi-lhe um abraço, quando ela me abraçou aproveitei e dei o nosso 1º beijo, ainda desajeitado e envergonhado, mas soube bem, fiquei super molhada e disse dentro de mim “puxa ela mexe mesmo comigo”. Então ela encostou-se e beijou-me novamente, dessa vez foi um beijo mais doce e longe, cheio de sentimento, a minha timidez logo disse adeus, minha mão que já não aguentava mais ficar parada desceu acariciando seus seios.



Beijei seu pescoço e fui descendo ate seu colo, lambi seus seios por cima da blusa e chupei os bicos que já estavam super tesos. Subi sua blusa e beijei a sua barriguinha, ela gemia de prazer dizia que estava molhada, lambi seu umbigo e tirei sua blusa por completo. Subi e abri seu soutien e mamei seus seios com gosto, desci a minha mão e toquei sua vagina por cima da cueca, pedi para que ela despisse a sua calça e ajudei-lhe a tirar a cueca.



Minha excitação aumentou quando vi aquele ninho com alguns pelos a cobrirem sua feminilidade, não pensei duas vezes pedi a ela que afastasse bem suas pernas e cai de cara naquela vagina toda molhada de prazer, lambi, chupei, mordi, fiz de tudo um pouco, fodi ela com os meus dedos ate ela explodir de prazer. Subi ate a sua boca e beijei-lhe com amor, sussurrei-lhe ao ouvido palavras de amor e logo a seguir ela adormeceu em meus braços.



Depois desse episodio nossa relação se fortaleceu ainda mais, a gente esta muito feliz e a cada dia que passa nos amamos ainda mais, eu que andava em depressão agora sou a mulher mais feliz do mundo porque encontrei alguém que me ama de verdade, Ana obrigado por existires na minha vida AMO-TE DEMAIS.

Garotas que quiserem conversar me escrevam any_devassa@hotmail.com



 

Site: http://Enviado: Por Any

Comente esta matéria
Título: Me tornei na mulher mais feliz do mundo
Seu nome:
Seu Estado:
Seu e-mail:
Comentário:
Segurança: Confirme o código:
OBS.: Nos reservamos o direito de deletar toda e qualquer mensagem contendo palavões, baixarias ou até mesmo termos homofóbicos. Favor respeitar as devidas fontes de cada matéria.
Comentários
24/02/2008 11:39: nete - AC
arranja uma gostaria de ser feliz como tu