Grupo irá auxiliar a fiscalizar casais gays na Copa

0

Rússia proíbe propaganda homossexual a menores de idade, o que inclui troca de carícias em público.

Faltando menos de 10 dias para começar a Copa do Mundo, a Rússia irá contar com um reforço para combater a troca de carícias entre homossexuais durante o evento. Segundo o jornal The New Times, a cidade de Rostov será patrulhada por um grupo paramilitar de cossacos.

Eles terão o objetivo de garantir o cumprimento da lei do país contra contra a “propaganda” homossexual a menores de idade. Casais gays serão proibidos de andarem de mãos dadas, de se abraçarem e também de se beijarem.

Para isso 300 homens de grupo se juntarão à polícia. À publicação, o líder da organização, Oleg Barannikov, informou que as autoridades serão alertadas caso alguém desrespeite a lei.

– Se virmos dois homens se beijando, diremos à polícia e caberá a ela decidir o que fazer – explicou.

Rostov possui pouco mais de 1 milhão de habitantes e irá receber cinco partidas da Copa. O Brasil enfrentará a Suiça no local dia 17 de junho. O município também irá receber um jogo nas oitavas de final.

 

Grupo irá auxiliar a fiscalizar casais gays na Copa

Compartilhar.

Sobre o Autor

Comments are closed.