Gay solteiro adota bebê com Down rejeitado por 20 famílias

0

Pai solo gay, Luca Trapanese adotou Alba em 2017, uma menina com síndrome de Down; a história virou livro.

O italiano Luca Trapanese, de 41 anos, adotou a menina Alba em 2017. Ele sempre teve o sonho de ser pai e faz trabalho voluntário em Nápoles. Lá, ele ajuda a adultos e crianças com deficiência.

Alba, uma menina com síndrome de Down, foi rejeitada por mais de 20 famílias antes de encontrar Trapanese. O caminho para a adoção não foi fácil.

“Disseram-me que só me apresentariam crianças com doenças, deficiências graves ou problemas comportamentais – uma criança que tivesse sido rejeitada por todas as famílias tradicionais”, contou à BBC.

“Eu estava completamente de acordo. Graças à minha experiência pessoal, sabia que possuía os recursos necessários para lidar com os problemas que a criança tivesse.”

Em parceria com Luca Mercadante, ele publicou um livro, “Nata per Te (“Nascida para Você”, em tradução livre), no qual narra a história com Alba. Para ler a reportagem completa, clique aqui.

Compartilhar.

Sobre o Autor

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Athosgls 21 anos fazendo a diferença na comunidade LGBT Mundial. Marca registrada.