Filme lésbico conquista “corações” em Bollywood, mas não as bilheteiras

0

por 

Seis meses depois da Índia descriminalizar a homossexualidade, facto que só ocorreu em setembro passado após uma decisão do supremo tribunal, Bollywood respondeu com a primeira comédia romântica com uma protagonista lésbica. A estreia ocorreu no início de fevereiro e Ek Ladki Ko Dekha Toh Aisa Laga (How I Felt When I Saw that Girl) é o seu título, nome que já vem de uma popular canção de um filme de 1994 (1942: A Love Story), onde o herói era encarnado pelo ator Anil Kapoor.

Anil Kapoor volta a surgir neste novo filme, mas a liderar está agora a sua filha, Sonam Kapoor, que se vê no cartaz de um filme cujo título é o da canção associada ao pai. Ao tributo e referência, o filme serve também para mostrar como as coisas podem mudar de uma geração para outra. Desta vez, a referência não é ao amor de um homem pelas mulheres, mas ao amor de uma mulher por outras mulheres. O filme também aborda a homofobia, vergonha e barreiras sociais.

É certo que nos últimos anos, muitos filmes locais têm personagens homossexuais, mas normalmente confinadas a papéis secundários e são perfeitas caricaturas, para além de a maioria serem homens. Há exemplos de personagens lésbicas no cinema indiano e, em 1998, o filme Fire deu que falar. Filme de autor e não verdadeiramente de Bollywood, o projeto mostrava o amor entre duas mulheres como um refúgio a maridos odiosos. A extrema direita hindu gritou blasfémia e cinemas em Mumbai, Calcutá e Nova Deli foram atacados. O Conselho de Censura decidiu reavaliar o filme e vários cineastas do país revoltaram-se, promovendo vigílias e protestos silenciosos por todo o território. A 12 de fevereiro de 1999 o filme foi relançado sem cortes pelo Conselho de Censura e a sua exibição foi retomada a 26 de fevereiro, desta vez sem mais protestos e atos de vandalismo.

Sucesso da crítica, fracasso do box-office

Claro está que numa indústria que lança quase 2000 filmes por ano, o dobro de Hollywood ou da China (números de 2018), uma comédia romântica musical é isso mesmo: uma comédia romântica musical ao jeito que só Bollywood faz. Segundo as criticas ao filme, a maioria positivas, Ek Ladki Ko Dekha Toh Aisa Laga segue exatamente o mesmo arco de história de todos os outros filmes deste tipo: uma primeira parte dedicada à revelação de um amor impossível; e uma segunda parte de reconciliação entre as aspirações individuais e os desejos familiares.

Infelizmente, as boas críticas ao filme não encontraram resultados muito favoráveis nas bilheteiras. Com um orçamento de 30 crore* (300 milhões de rupias/3,71 milhões de euros), o filme não conseguiu no território ultrapassar os 22 crore (2,72 milhões de euros). No exterior, o filme aproxima-se dos 20 crore, o que pode significar a salvação e rentabilização do projeto.

* 1 crore= 10 milhões de rúpias

C7nema

Compartilhar.

Sobre o Autor

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Athosgls 21 anos fazendo a diferença na comunidade LGBT Mundial. Marca registrada.