Daniela Mercury anuncia tema e programação do Carnaval; confira

0
Vinícius Harfush*
vinicius.harfush@redebahia.com.br

No início deste mês, Daniela Mercury lançou, em gravação com Caetano Veloso, a canção Proibido o Carnaval. A composição da cantora defende os direitos de minorias e, especialmente, da comunidade LGBT. O tema da música será também o mote do Carnaval da artista, como ela revelou na tarde dessa quinta-feira (21) em entrevista coletiva realizada no Shopping da Bahia.

Daniela elaborou a temática da sua folia pensando no fortalecimento dos ideais de liberdade de expressão e respeito às diferenças. O Carnaval do Proibido, como foi intitulado o tema, brinca com os contrastes da liberdade e da censura. “As pessoas precisam ser mais tolerantes, respeitarem mais as leis, a democracia. Tomar cuidado com o outro”, disse Daniela.

Esse ano, a artista mistura estilos em cima do trio elétrico e traz quatro convidados para completar o show. Já na quinta-feira, Daniela arrasta o Trio da Mulherada, onde recebe a guitarrista e cantora baiana Thathi. A Pipoca da Rainha junta o pop e MPB com o axé. “Apesar do meu estilo ser diferente [do axé], sou uma baiana autêntica que gosta do Carnaval. E cantar com Daniela é sempre uma experiência incrível”, conta Thathi.

No sábado, Daniela vai com o seu Trio da Tropicália para o circuito Osmar (Barra-Ondina), onde vai homenagear o movimento que marcou o final dos anos 1960. “Tropicália é uma referência fundamental na minha vida. Quis homenagear mais uma vez neste Carnaval”, disse. O rapper baiano Hiran e a cantora transexual Majur vão participar da festa.

Daniela e Caetano Veloso dão um selinho em cena do clipe Proibido o Carnaval (Foto: Divulgação)

O desfile sem cordas será a estreia de Majur no Carnaval. Apesar da felicidade, ela não esconde a preocupação com o ritmo da folia: “Cantar e dançar é uma coisa muito difícil. Esse é o desafio”. Hiran, que se apresenta no Carnaval pela segunda vez, diz que cantar com Daniela é um passo importante na carreira: “É muito bonito ver essas gerações se unindo e enxergando como artistas. Fico muito honrado”.

Depois de receber três artistas locais, Daniela traz para Salvador o capixaba Silva, que vem primeira vez canta no Carnaval baiano. “Vai ser uma alegria participar dessa festa ao lado dela, já estou com o coração a mil”, disse o cantor. Daniela e Silva cantam juntos na segunda-feira, quando a cantora sai com o bloco Crocodilo. Os abadás deste ano foram criados pelo artista plástico J. Cunha, que durante quase 20 anos foi responsável pela identidade visual do bloco afro Ilê Aiyê.

Sobre o dueto realizado com Caetano Veloso, a artista disse estar muito feliz com a repercussão da música: “O alcance foi um sucesso”. Há também uma grande expectativa sobre a aparição do cantor na folia, mas Daniela preferiu manter um mistério para o público: “Aí, a gente pode perguntar aos búzios (risos)”. A única presença confirmada em todos os dias do Carnaval é a do respeito e liberdade de expressão. “A proibição é a melhor forma de chamar a atenção para as tentativas de censura e de coibir a nossa liberdade”, completa a cantora.

*com orientação do editor Roberto Midlej

Correio 24hrs

Compartilhar.

Sobre o Autor

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Athosgls 21 anos fazendo a diferença na comunidade LGBT Mundial. Marca registrada.