Sexta-feira, 21 de Julho de 2017
Adicionar a Favoritos RSS Facebook Linkedin Twitter Wordpress
   
Selecione abaixo:



Celebridades LGBT
Filmes/Séries LGBT
Garotas x Garotas
Jurídico
Notícias / artigos LGBT
Pais e Filhos LGBT
Religião
Travestis e Trans
Ultimas Notícias
Videos Lés

Filmes/Séries LGBT

Outras notícias
Do criador de “Queer as Folk”: conheça as séries gays “Banana” e “Cucumber"
“Penny Dreadful”, seriado sexy e assustador de Sam Mendes
Lost Girl - 1ª., 2ª, 3ª e 4ª temporada
Imagine Eu e Você
Kyss Mig (Me beije)

As melhores séries com temática LGBT

11/02/2014:

 

Confiram as atrações que garantem a diversidade na TV

 

Depois de ter personagens gays bem aceitos em diversas produções, as redes de televisão americanas e britânicas finalmente se abriram à diversidade e passaram a exibir, no final da década de 90, séries com protagonistas homossexuais. Hoje, mais do que difundido, o tema é o fio condutor de diversas séries, sejam dramas ou comédias.

O sucesso de seriados pioneiros como Will and Grace e Queer as Folk abriram um nicho de entretenimento que seguiu com sucessos como The L Word. As relações homossexuais seguem inspirando novas atrações até hoje, com novas estreias como Looking, da HBO.

Confira uma lista com as séries LGBT que você não pode deixar de assistir:

Queer as Folk

 

Uma adaptação norte-americana da série inglesa de mesmo nome, Queer as Folk é focada em cinco rapazes homossexuais, mas também retrata lésbicas, travestis e todo o universo LGBTT. O seriado foi fundamental para abrir caminho a outras produções do gênero, pois mostra com delicadeza os desafios dos relacionamentos com a família, a adoção por casais gays e o  dia a dia no trabalho, sem estereótipos. 

Will and Grace

Criada em 1998, a série foi uma das mais bem sucedidas com a temática: durou 8 temporadas e é uma das mais lembradas do Emmy Awards, com 83 indicações e 16 prêmios.  Os personagens principais, Will (Eric McCormack) e Grace (Debra Messing), são melhores amigos, dividem apartamento e passam por várias situações engraçadas. No entanto, eles são meio certinhos e quem rouba a cena mesmo são os dois amigos coadjuvantes, o fervido Jack (Sean Hayes) e a socialite fútil Karen (Megan Mullally). A dupla conquistou o público com sua ironia e por não ter o menor medo de se jogar.

The New Normal

The New Normal foi criada por Ryan Murphy, que já tinha feito o maior sucesso com os personagens gays de sua série Glee. Na comédia, David (Justin Bartha) e Brian (Andrew Rannells) decidem ter um bebê, e por conta disso contratam uma mãe de aluguel, Goldie (Georgia King). O casal tem que conviver com a família da moça, que inclui uma avó bem preconceituosa. A série criou bastante poêmica pelo tema de que tratava e foi cancelada já na primeira temporada. No Brasil, os 22 episódios foram exibidos na FOX.

The L Word

Primeira série focada em garotas lésbicas ou bissexuais, The L Word estreou nos EUA em 2004, e é exibida no Brasil pelo Warner Channel. No início, a história é centrada no casal Bette (Jennifer Beals, de Flashdance) e Tina (Laurel Holloman), que tenta ter um bebê por inseminação artificial, na tenista Dana (Erin Daniels), que luta para sair do armário, e na escritora Jenny (Mia Kirschner), que tem namorado mas se sente atraída por Marina (Karina Lombard) e Alice (Leisha Hailey). O seriado fez tanto sucesso que inspirou o reality show The Real L Word, de 2010, exibido por aqui no GNT.

Looking

A nova série da HBO (com exibição simultânea nos EUA e no Brasil) mostra a vida de um grupo amigos que tenta aproveitar o que São Francisco tem de melhor a oferecer para a nova geração de homens gays. Criada por Michael Lannan e Andrew Haigh, a série gira em torno do designer de vídeo game Patrick (Jonathan Groff), do artista Agustín (Frankie J. Alvarez) e do garçom Don (Murray Bartlett), que estão em diferentes fases da vida mas são unidos por sua amizade. 

Modern Family

A comédia Modern Family não é uma série gay, mas com toda a certeza o casal Mitchell (Jesse Tyler Ferguson) e Cameron (Eric Stonestreet) roubam a cena. Juntos eles adotaram uma bebê vietnamita chamada Lily e construíram uma bela família. Com suas personalidades opostas, eles se completam e vivem se metendo em situações divertidas. A série já ganhou diversos Emmys, está em sua quinta temporada e, no Brasil, é exibida na Fox e no SBT.

Dante's Cove

A série mistura a temática gay ao sobrenatural. A bruxa Grace (Tracy Scoggins) amaldiçoa o noivo, Ambrosius (William Gregory Lee), após flagrá-lo na intimidade com o mordomo. Ele é aprisionado no porão e condenado a passar a eternidade lá. A maldição só é quebrada com o beijo de um jovem. Como atrativos, o seriado também tem muitas cenas de homens saradíssimos, sexo e nu frontal.

Noah’s Arc

A série é focada em um grupo de amigos gays como boa parte das produções do gênero, mas desta vez são afro descendentes ou latinos, abordando diversos tipos de preconceito. A discussão política fica mais interessante ainda com o elenco, formado por atores bonitos e sarados. O seriado estreou em 2005 no canal LOGO, teve duas temporadas e um filme para finalizar. 

Gisele Navarro e Luísa Venter redator(a)

 

 

 

Marcador Tags:.

#seriegay #iloveit #redemption #redemptionserie #audiovisual #chilena #fashion #love #seguiteci #cinema #girls #makeup #boys #followus #igers #igersprato #follow4follow #instadaily #igersoftheday #italy #serieweb #igersitalia #youtube #jump_lawebserie #tagsforlikes #italia #webseries #serietv #igerstoscana #picoftheday #cute #glamour #look #actor #instagood #movies #hbo #gay #hbosignature #series #gripe #eumeamo #dodói #repouso #diadefolga #net #looking #eutambemteamo #chile #gaychile #españa #serie #kissgay #besogay #seriequebecoise #lovemyjob #sanstabouproductions #envedette #comingoutlaserie2 #revolution

 

Fonte: http://www.guiadasemana.com.br

Comente esta matéria
Título: As melhores séries com temática LGBT
Seu nome:
Seu Estado:
Seu e-mail:
Comentário:
Segurança: Confirme o código:
OBS.: Nos reservamos o direito de deletar toda e qualquer mensagem contendo palavões, baixarias ou até mesmo termos homofóbicos. Favor respeitar as devidas fontes de cada matéria.
Comentários
Não há comentários.