Quarta-feira, 26 de Abril de 2017
Adicionar a Favoritos RSS Facebook Linkedin Twitter Wordpress
   
Selecione abaixo:



Celebridades LGBT
Filmes/Séries LGBT
Garotas x Garotas
Jurídico
Notícias / artigos LGBT
Pais e Filhos LGBT
Religião
Travestis e Trans
Ultimas Notícias
Videos Lés

Garotas x Garotas

Outras notícias
Filmes Lésbicas Assumidas
Filmes Lébicas Indecisas
Filme Lésbicas Guerreiras
Site de relacionamento Feminino Lés
Blog de Vídeos Eróticos Lésbicos

Confira aqui o casamento de 2 casais de lésbicas no grupo GGB/ Bahia

06/07/2007:

 

Nesta 6ª feira, 6 de julho, as 10hs da manhã, na sede do Grupo Gay da Bahia, foi realizada a cerimônia de União Estável de dois casais de lésbicas do interior da Bahia. Desde 2003 que o GGB realiza tais cerimônias de União Estável Homossexual, num total de 25 casais. O peculiar desta cerimônia é que foram dois casais a declararem sua união, o primeiro já convivendo a 4 anos, e o segundo há 35 anos.

Segundo o Prof.Luiz Mott, fundador do GGB, que presidiu a cerimônia, “este casal, convivendo há mais de três décadas, demonstra que  as uniões entre pessoas do mesmo sexo têm os mesmos componentes das uniões heterossexuais, incluindo amor, paixão, solidariedade, companheirismo, ciúmes e problemas do dia a dia.”
Este contrato de união  homossexual é reconhecido pelo INSS para efeito de herança e demais benefícios concedidos aos “companaheiros/companheiras” de sexo oposto que comprovem relação estável.


O número de lésbicas a procurar registrar sua união estável é superior ao dos gays: 15 casais de mulheres e 10 casais de homens, com idades variando de 21 a 57 anos. Quanto ao perfil sócio-econômico dos contraentes, predominam casais de classe média, incluindo professores universitários, médicos, jornalistas, mas também bancárias, funcionárias públicas, artistas plásticas. Tanto há casais gays que ambos têm a mesma profissão, ambos bailarinos,  ambos militares, como casais bastante diversos profissionalmente: bancário e recepcionista, professora e comerciante. A maioria destes casais mantêm tais uniões discretamente, para evitar discriminação no trabalho.

Algumas destas cerimônias foram divulgadas inclusive pela mídia nacional, como um casal de gays que fez enorme festa em Camaçari em 2005. O primeiro casal registrar sua união estável foi Luiz Mott e Marcelo Cerqueira, em 2003.
Nesta cerimônia desta 6ª feira, os nomes e imagens das contraentes serão mantidas em sigilo a pedido das mesmas.

LUIZ MOTT
www.luizmott.cjb.net
www.ggb.org.br

 

Comente esta matéria
Título: Confira aqui o casamento de 2 casais de lésbicas no grupo GGB/ Bahia
Seu nome:
Seu Estado:
Seu e-mail:
Comentário:
Segurança: Confirme o código:
OBS.: Nos reservamos o direito de deletar toda e qualquer mensagem contendo palavões, baixarias ou até mesmo termos homofóbicos. Favor respeitar as devidas fontes de cada matéria.
Comentários
31/05/2008 10:18: marcelo nascimento - BA
só jesus salva.
 
19/09/2008 02:51: Simone Aparecida Lopes - SP
Gostaria de saber como funciona a questão do inss, de heranças, o que posso fazer já que vivo com minha companheira a mais de 1 ano gostaria de saber o que posso? o que devo?? e etcc..??
 
19/09/2008 19:12: Stephanie - SP
Nossaaa adoreiii quero casar tbm preciso achar a maridaa rsrs ..... Que bom que a sociedade já esta se tocando que o amor realmente é lindo em tds as formas...bjos adorei a matéria!!!!
 
12/12/2008 00:20: elizeu leal - BA
achei otimo gostaria muito de me casar arrange um velhinho pra se casar comigo gente se alguem souber me avise pelo meu imail ok
 
26/12/2009 18:54: elisandra carrasco - SP
acho que respeito e tudo nos merecemos muito mais e pouco ainda