Sexta-feira, 28 de Abril de 2017
Adicionar a Favoritos RSS Facebook Linkedin Twitter Wordpress
   
Selecione abaixo:



Celebridades LGBT
Filmes/Séries LGBT
Garotas x Garotas
Jurídico
Notícias / artigos LGBT
Pais e Filhos LGBT
Religião
Travestis e Trans
Ultimas Notícias
Videos Lés

Pais e Filhos LGBT

Outras notícias
A Família Homoparental um modelo possível
Casais gays ganham direito ao uso de fertilização in vitro
Decisão do STJ sobre adoção por casal homoafetivo
Casal gay é autorizado a adotar filho
Tas comenta relação com a filha homossexual

Homossexualidade e número de irmãos

11/08/2006:

Anthony Bogaert, especialista em saúde comunitária da Universidade Brock de Ontário, no Canadá, conduziu uma pesquisa onde se sugere que a homossexualidade não está relacionada à criação dos filhos ou mesmo ao ambiente. Ela seria determinada geneticamente, antes do nascimento. Ele pesquisou o histórico familiar e sexual de 944 homens héteros e gays e constatou que existe o que foi chamada de “efeito do irmão mais velho” ou “efeito fraternal da ordem de nascimento”. Segundo a pesquisa, a probabilidade de um homem ser gay caso tenha um irmão mais velho é de 2% a 3%. Caso este homem tenha três ou quatro irmãos mais velhos que ele a probabilidade dele ter a orientação sexual homossexual aumenta para 5%. Este fenômeno foi registrado em irmãos consangüíneos e não em meio-irmão ou irmão adotivo.

Foi evidenciado que este “efeito fraternal da ordem de nascimento” é constante e independe do homem ser criado pela sua família biológica ou pela família que foi adotado. Segundo Bogaert, outros 20 estudos similares evidenciaram esta relação entre homossexualidade e número de irmãos. O estudo levanta a hipótese de que a hereditariedade da mãe estaria envolvida neste fenômeno afetando a parte do cérebro que determina a orientação sexual. A pesquisa sobre a influência de irmãos biológicos mais velhos na determinação da homossexualidade masculina foi publicada na National Academy of Sciences em 26/06/2006.

Sabe-se que o comportamento resulta dos três níveis de seleção: filogênese (a herança genética); ontogênese (a história particular de cada pessoa); e práticas culturais (o contexto social onde vivemos). Esta pesquisa fortalece a hipótese de que a orientação sexual poderá ser determinada em nível filogenético, pois o processo ocorre na vida intra-uterina não sendo afetado pelas contingências ambientais, tais como influências das famílias na criação e as influências das práticas culturais.

Caso seja comprovado que a homossexualidade é determinada geneticamente algumas perguntas deverão ser elucidadas, tais como: Por que a homossexualidade foi selecionada em nível filogenético?; Qual seria sua vantagem evolucionária para as espécies?; Qual o valor de sobrevivência para as espécies?; Haveria alguma relação entre a homossexualidade e o controle populacional já que o sexo homossexual não visa a reprodução?

Mais informações acesse os sites abaixo:

www.nationalacademies.org/

www.voanews.com/english/2006 -06-25-voa36.cfm

http://oglobo.globo.com /especiais/vivermelhor/mat /284429459.asp

 

Fonte: Pedrosa

Comente esta matéria
Título: Homossexualidade e número de irmãos
Seu nome:
Seu Estado:
Seu e-mail:
Comentário:
Segurança: Confirme o código:
OBS.: Nos reservamos o direito de deletar toda e qualquer mensagem contendo palavões, baixarias ou até mesmo termos homofóbicos. Favor respeitar as devidas fontes de cada matéria.
Comentários
Não há comentários.