Sexta-feira, 23 de Junho de 2017
Adicionar a Favoritos RSS Facebook Linkedin Twitter Wordpress
   
Selecione abaixo:



Celebridades LGBT
Filmes/Séries LGBT
Garotas x Garotas
Jurídico
Notícias / artigos LGBT
Pais e Filhos LGBT
Religião
Travestis e Trans
Ultimas Notícias
Videos Lés

Pais e Filhos LGBT

Outras notícias
A Família Homoparental um modelo possível
Casais gays ganham direito ao uso de fertilização in vitro
Decisão do STJ sobre adoção por casal homoafetivo
Casal gay é autorizado a adotar filho
Tas comenta relação com a filha homossexual

ASSOC/ de Pais e Gays

31/07/2006: Boletim do GGB, de março 1986, encontrei referencia a nossa fundação da
APGB  ASSOCIAÇÃO DE PAIS GAYS DO BRASIL: "no dia dos pais de 1985, o GGB funda a APB, estimulando mães e pais gays a se organizarem para defender seus interesses. Recebemos muitas cartas de pessoas interessadas em informações sobre o relaiconamento com os filhos. Diversos jornais baianos, O GLobo, a rádio Nacional, noticiaram fartamente a criação a APGB."
Homoparentalidade já em 1985-86!!!

LUIZ MOTT
www.luizmott.cjb.net
www.ggb.org.br
Fone: 71-3328.3782 - 9128.9993
Cx.Postal 2552 - 40022.260, Salvador, Bahia
Per scientiam ad justitiam et felicitatem.
FAVOR ACUSAR RECEBIMENTO!

 

Fonte: GRUPO GGB

Comente esta matéria
Título: ASSOC/ de Pais e Gays
Seu nome:
Seu Estado:
Seu e-mail:
Comentário:
Segurança: Confirme o código:
OBS.: Nos reservamos o direito de deletar toda e qualquer mensagem contendo palavões, baixarias ou até mesmo termos homofóbicos. Favor respeitar as devidas fontes de cada matéria.
Comentários
05/09/2011 15:15: valdeci gonçalves da silva - PB
Senhores,

Embora importante, não me parece suficiente os movimentos de protesto contra a violência da qual os gays são vítimas. É preciso mostrar o que estar por trás da homofobia, o que significam essas agressões e perseguições reais e simbólicas (os religiosos). O agressor precisa saber quem ele é, o que motiva seu ódio para que, assim, possa cessar o fluxo da sua agressão. Com esse objetivo elaborei o texto “Tocaia Homofóbica na Paulista: Exibição e Massacre”, que poderá ser acessado no http://www.algosobre.com.br ou digitando Valdeci Gonçalves da Silva no Google.
Cordialmente,
Valdeci Gonçalves da Silva
Psicólogo, Professor universitário.
Doutorando da Universidade de Évora-PT.