Quinta-feira, 27 de Abril de 2017
Adicionar a Favoritos RSS Facebook Linkedin Twitter Wordpress
   
Selecione abaixo:



Celebridades LGBT
Filmes/Séries LGBT
Garotas x Garotas
Jurídico
Notícias / artigos LGBT
Pais e Filhos LGBT
Religião
Travestis e Trans
Ultimas Notícias
Videos Lés

Pais e Filhos LGBT

Outras notícias
A Família Homoparental um modelo possível
Casais gays ganham direito ao uso de fertilização in vitro
Decisão do STJ sobre adoção por casal homoafetivo
Casal gay é autorizado a adotar filho
Tas comenta relação com a filha homossexual

"A preferência sexual do seu filho não é da sua conta", diz Rosely Sayão

09/06/2005: Da Redação

"A preferência sexual do seu filho não é da sua conta", afirmou a psicóloga Rosely Sayão no "Momento Família" desta terça-feira. Apesar de os pais se preocuparem e temerem que os filhos escolham um caminho que os faça sofrer, não há como interferir. "Senão a gente acaba assumindo a vida sexual deles. Fica assim: para você o prazer, o deleite; para mim a responsabilidade sobre isso."

Respondendo a uma internauta preocupada com a suposta homossexualidade de um sobrinho adolescente (leia a íntegra do bate-papo), Rosely questionou: "por que nos preocupamos com o rapaz de 14 anos que diz que é homossexual, e não com uma filha de 14 que goste de se amarrar e vestir couro? Nada disso está na jogada, a questão sexual é deles, eles é que vão ter de dar conta."

Ainda sobre o tema, Rosely acrescentou: "A homossexualidade, apesar de grandes avanços, ainda sofre preconceito e vai sofrer por muito tempo ainda. Sei que é barra, é difícil ver um filho num caminho em que vai sofrer. Mas tem que deixar ele viver a vida dele."

Ainda há muito preconceito

O velho preconceito a respeito da 'normalidade' dessa opção sexual ainda resiste. "Os homossexuais são absolutamente normais. O que não é normal é gostar de criança, por exemplo. A questão da sexualidade é sócio-cultural, portanto, o conceito do que é normal muda com o tempo. E também tem tanta gente que produz grandes obras e depois a gente vai ler a biografia e descobre que batia na mulher, nos filhos, etc... A produção pública de uma pessoa não tem relação com a vida privada dela", destacou Rosely.

Questionada em e-mail sobre a existência de um entendimento científico para essa preferência sexual, Rosely respondeu que "não há explicação científica nem para a hetero, nem para a homossexualidade." Mesmo as razões genéticas ainda são hipóteses, possibilidades, comentou a psicóloga. "A sexualidade humana nada tem a ver com a reprodução, mas com o com prazer. Por isso não podemos explicar pelo viés da natureza. A anatomia explicaria as parcerias? Não. O prazer é que explica. Ele explica freqüentar sites pornográficos, uma infinidade de atuações..."
__________________________________________________________________________

clique no link abaixo e leia a integra do bate-papo.

 

Site: http://noticias.uol.com.br/uolnews/familia/2005/06/07/ult2866u29.jhtm

Comente esta matéria
Título: "A preferência sexual do seu filho não é da sua conta", diz Rosely Sayão
Seu nome:
Seu Estado:
Seu e-mail:
Comentário:
Segurança: Confirme o código:
OBS.: Nos reservamos o direito de deletar toda e qualquer mensagem contendo palavões, baixarias ou até mesmo termos homofóbicos. Favor respeitar as devidas fontes de cada matéria.
Comentários
Não há comentários.