Com pauta LGBT, empresas entram na campanha eleitoral

0

Grandes companhias pedem a presidenciáveis que se comprometam a garantir a diversidade e a inclusão no ambiente de trabalho. Entre as 32 que aderiram, a maioria é de multinacionais

Paula Pacheco

São Paulo – As empresas costumam manter distância dos processos eleitorais e evita apresentar demandas, a não por meio de suas entidades de classe. Também são poucas aquelas que se engajam com o tema da inclusão, nas suas diferentes formas, no ambiente corporativo, garantindo oportunidades iguais a todos, seja qual for a raça, sexo ou orientação sexual. Mas um movimento que começou a ser costurado há cerca de três meses mostra que começa a ganhar espaço um novo comportamento no mundo do trabalho.

Foi lançada ontem a “Carta de Apoio à Diversidade, ao Respeito e à Inclusão de Pessoas LGBT+ nos Locais de Trabalho no Brasil”. Os 32 signatários – entre empresas e ONGs – pedem aos candidatos presidenciáveis das eleições deste ano que reconheçam a importância da diversidade e inclusão no local de trabalho. O documento foi publicado nas redes sociais e nos sites e redes sociais das empresas, da Aliança Nacional LGBTI+, do Grupo Dignidade, além da organização Out & Equal Workplace Advocates.

Compartilhar.

Sobre o Autor

Comments are closed.