Casamento LGBTI: o que mudou na legislação brasileira?

0

Por 

Dia do Orgulho LGBTI (lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e pessoas intersex) é celebrado mundialmente no dia 28 de junho. Essa é uma data para celebrar vitórias históricas, mas também para relembrar que ainda há um longo caminho a ser percorrido.

A história começa nas primeiras horas da manhã no dia 28 de junho de 1969, quando gays, lésbicas, travestis e drag queens enfrentaram policiais em Stonewall Inn, Greenwich Village, Estados Unidos. O episódio, conhecido como Stonewall Riot (Rebelião de Stonewall), teve duração de seis dias e foi uma resposta às ações arbitrárias da polícia, que rotineiramente promovia batidas e revistas humilhantes em bares gays de Nova Iorque.

Este episódio é considerado o marco zero do movimento LGBT contemporâneo e, por isso, é comemorado mundialmente em 28 de junho, Dia Internacional do Orgulho LGBT.

Em 14 de maio de 2013, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) publicou a Resolução 175, que passou a garantir aos casais homoafetivos o direito de se casarem no civil. Com a resolução, tabeliães e juízes ficaram proibidos de se recusar a registrar a união. Quer saber mais sobre o que mudou na legislação brasileira? BAIXE NOSSO E-BOOK E FIQUE POR DENTRO!

https://www.inesquecivelcasamento.com.br/casamentos/casamento-lgbti-o-que-mudou-na-legislacao-brasileira/

 

Compartilhar.

Sobre o Autor

Comments are closed.