Carlos Costa fora da corrida ao festival da Eurovisão: “A Bielorrússia não é gay friendly”

0

O cantor português não conseguiu carimbar uma passagem à final do “Eurofest”.

Carlos Costa foi um dos concorrentes do “Eurofest”, concurso onde é escolhido o representante da Bielorrússia para o Festival Eurovisão da Canção 2019, que este ano se realiza em Israel. O cantor português não conseguiu carimbar uma passagem à final do “Eurofest” – a fase final do concurso conta apenas com 10 concorrentes.

Em entrevista à revista Sábado, o músico frisou que não ficou triste com o resultado. “Não fiquei triste. Sei que não fui selecionado por ser gay e por ter a imagem que tenho”, revelou. “A Bielorrússia não é gay friendly. São muito conservadores. Qual é o sentido de não selecionarem o artista favorito do público? É pela minha imagem”, acrescentou Carlos Costa, recordado que a sua atuação é a mais vista no Youtube.

“O meu vídeo é o mais visto. Esta música era a que tinha que fazia mais sentido, era muito festivaleira. A minha audição correu medianamente. Era um casting, só com microfone, uns atrás dos outros, não havia teste de som e a minha música dependia muito de coros. Havia outros artistas com performances muito bem preparadas mas toda a gente adorou a minha atuação. A minha entrevista abriu o telejornal ontem cá”, contou o músico à revista Sábado.

Este ano, o concurso contou com a participação de 113 canções. O canal da Bielorrússia permite participantes de diferentes nacionalidades – este ano, concorrem artistas de 16 países diferentes (Bielorrússia, Rússia, Ucrânia, Cazaquistão, Letónia, Polónia, Roménia, Israel, Suécia, Espanha, Portugal, Itália, Reino Unido, Estados Unidos, Canadá e Nigéria).

De acordo com o jornal JM, da Madeira, Carlos Costa atuou esta segunda-feira, dia 4 de fevereiro, na audição ao vivo da BTRC, onde os participantes foram avaliados por um painel de jurados. No final do primeiro casting, foram escolhidos apenas 10 finalistas.

 Israel recebe o Festival Eurovisão da Canção em 2019 depois de ter vencido a edição deste ano, em Lisboa, com o tema “Toy”, interpretado por Netta Barzilai.

Em 2012, Carlos Costa participou no Festival da Canção, da RTP, tendo conquistado o sexto lugar.

O próximo Festival Eurovisão da Canção vai decorrer em maio de 2019 em Telavive, Israel. A 64.ª edição do concurso decorrerá no Centro Internacional de Convenções em Telavive, com as semifinais agendadas para os dias 14 e 16 de maio e a cerimónia da final do concurso musical a 18 de maio.

Telavive acolherá pela primeira vez o evento e , segundo a organização, foi escolhida num processo no qual eram também candidatas as cidades de Jerusalém e Eilat.

Sapo.pt

Compartilhar.

Sobre o Autor

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Athosgls 21 anos fazendo a diferença na comunidade LGBT Mundial. Marca registrada.