6 novidades sobre o Eros Porto 2019

0

Por Inês Moura dos Santos

Gratuitidade dos espetáculos, nova área temática e espetáculos explícitos gays e bissexuais estão entre as novidades deste ano. A Associação para o Planeamento da Família é a convidada de honra do Salão Erótico do Porto.

A 12.ª edição do Eros Porto chega à Exponor em Matosinhos esta quinta-feira, dia 7 de março, e termina domingo, dia 10. Pioneiro na introdução de temas essenciais para a vida sexual e comportamental dos portugueses, o Salão Erótico do Porto continua a marcar pela diversidade e este ano traz novidades. O JPN reuniu algumas delas.

Todos os espectáculos gratuitos

Uma das novidades desta edição é abertura ao público, de forma gratuita, de todos os espetáculos que até aqui se realizavam em áreas privadas e que requeriam pagamento extra ao bilhete do evento. Assim, este ano, haverá apenas, em todo o recinto do evento, uma única área reservada.

Educação sexual em discussão

Outra das apostas desta edição é a abordagem do direito à educação sexual, através da “Sex(y)Talk”, uma área dedicada a conferências, palestras, debates e workshops onde será possível discutir este tema.

Neste espaço vão estar não só especialistas em diferentes temáticas, como também comunicadores e influenciadores conhecidos. Segundo a organização, este é um dos espaços “que nos últimos anos tem conhecido uma crescente adesão do público em busca de informação e de novos conhecimentos”. Aline Castelo, Beatriz Gosta, Fernando Alvim, Fernando Mesquita ou Marcos Castropil são alguns oradores que vão estar presentes.

Sendo a educação sexual o tema central deste ano, o Eros Porto vai receber como convidada de honra a Associação para o Planeamento da Família (APF) uma vez que esta tem um importante papel na promoção do direito à Educação Sexual em Portugal. O objetivo será combater a falta de formação específica de docentes, sensibilizar os agentes educativos e fomentar a educação sexual nas escolas.

Na área de conferências do Eros Porto 2019, vão ainda ser debatidos temas como as fake news no sexo ou o sexo e redes sociais.

Nova área temática “Lésbica”

O Salão Erótico do Porto inaugura este ano a “nova área temática Lésbica com tudo sobre sexo no feminino”, de acordo com a organização, uma vez que existe uma preocupação com todos os públicos, independentemente do sexo, género ou orientação sexual.

Choques elétricos e “espancamento” extremo

“Não é para todos mas há cada vez mais adeptos em Portugal” do BDSM (sigla para Bondage, Dominação, Submissão e Sadomasoquismo). É esta a convicção da organização que promete controlos de respiração com sacos, suspensão por ganchos, modificações corporais, mumificações ou aplicações de cera quente. Tudo isto numa área que vai contar com a presença da dominadora portuguesa Mystress Sylvia.

Shows explícitos gays e bissexuais

O Salão Erótico do Porto 2019 terá uma sala com shows especiais. Neste espaço, que não requer bilhete extra, vão realizar-se espetáculos explícitos gays e bissexuais durante todo o certame. A animação da HotGay está a cargo de artistas conhecidos da indústria pornográfica, com destaque para Koldo Goran, Viktor Rom, Kevin Lauren, Santi Konnor, entre outros.

Para além dos bukkakes (modalidade de sexo em grupo), haverá um desfile de roupa íntima e de acessórios. Trata-se de uma linha de vestuário internacional orientada para uma sexualidade livre, sem inibições ou preconceitos, que combina cores fetichistas básicas com materiais como o couro, a borracha e as transparências.

Destaque ainda para a exposição sobre o tema “Porno gay humorístico”, com fotografias de desenhos da autoria do fotógrafo Carlos Resa e do artista Daniel Viso. Este ano voltam também os castings para todos os portugueses que queiram enveredar por uma carreira internacional no porno gay.

Swing

Para curiosos ou praticantes, o Salão Erótico do Porto vai contar com um autêntico clube de swing. Será organizado pela revista espanhola especializada “Gente Libre” e conta com quartos escuros, zona nudista, quarto BDSM e diversas camas. Neste espaço, que reproduz todo o ambiente de um verdadeiro clube de swing, podem ser livremente praticadas todas as fantasias mais íntimas dos casais portugueses.

Há coisas que não mudam…

Para além da área Lésbica, BDSM, HotGay ou Swinger, há outras temáticas que, devido ao sucesso passado, vão continuar nesta edição. É o caso da Extasia que pretende aliar a sexualidade à espiritualidade para atingir um maior equilíbrio nas relações ou a Arte Erótica, com diferentes visões artísticas sobre sexualidade e erotismo.

O Estúdio X, onde se pode conhecer os bastidores das gravações dos filmes para adultos, ou o Boulevard Erótico, que apresentará as principais novidades e tendências em artigos relacionados com o sexo e o erotismo, estão também confirmados.

A animação habitual está a cargo de mais de 50 artistas, oriundos de sete países: Portugal, Espanha, Brasil, Roménia, Itália, França e Alemanha. O Eros Porto possui igualmente um espaço de restauração e uma zona de photocall, onde os visitantes podem tirar fotografias atrevidas com os artistas ou amigos.

Os bilhetes individuais custam 15 euros, mas reformados, desempregados,  deficientes e jovens com 18 anos podem adquirir os bilhetes por 13 euros. Já os casais podem usufruir de um passe especial de 26 euros ou de um passe para os quatro dias no valor de 45 euros.

Artigo editado por César Castro

JPN.up.pt

Compartilhar.

Sobre o Autor

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Athosgls 21 anos fazendo a diferença na comunidade LGBT Mundial. Marca registrada.